O prefeito Claudio Dutra esteve na manhã de hoje (13), junto com o Secretário de Obras e Viação Orivaldo Malaggi, vistoriando a limpeza e o desassoreamento do leito dos rios Leão e Pinto. Desde terça-feira (10), após a autorização do Instituto das Águas e IAP – Instituto Ambiental do Paraná, duas escavadeiras hidráulicas estão realizando a dragagem, serviço que ainda não tem previsão de término.

 

Com a cheia dos rios, os alagamentos prejudicam 186 famílias ribeirinhas. O problema vem acontecendo desde a década de 90, segundo antigos moradores. Agora, com início da dragagem, algumas pessoas que residem por lá já estão com pensamento positivo, pois o alagamento não será mais problema.

 

Para o prefeito Claudio Dutra, a dragagem é importante mas quer fazer mais pelas famílias. “Estamos esperando a liberação da Caixa para construirmos 500 casas e abrigar essas famílias ribeirinhas, dando melhor comodidade à elas”.

 

O Secretário de Obras e Viação, Orivaldo Malaggi, conta que as equipes estão encontrando muito lixo dentro do rio. “Já encontramos até bicicleta, parte de cama, vamos continuar com esse trabalho sem parar durante o fim de semana, dependendo da condição do tempo”. Segundo ele, a dragagem é prioridade até que seja finalizada.

 

Ajuda – Também hoje começaram a chegar os primeiros donativos aos atingidos, vindos do Corpo de Bombeiro de Foz do Iguaçu. No período da tarde está prevista a chegada de mais auxílio da cidade de Curitiba. Alimentos, água mineral, roupas, produtos de limpeza entre outros, serão separados e distribuídos a partir de segunda-feira (16).

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Tallini Klassmann

Atualizado às 11h59


Compartilhe

Google+