A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu irá priorizar a saúde dos homens. O “Agosto Azul”, como foi denominado, será dedicado ao desenvolvimento de ações que visam a integralidade da saúde masculina.

 

Profissionais da saúde pública observaram que o número de mulheres que procuram as Unidades Básicas de Saúde da cidade é bastante significativo. Já os homens buscam atendimento somente quando já notam a existência de uma doença.

 

Outro dado já comprovado é a grande incidência de câncer na população da região oeste do Paraná que, segundo especialistas, ocorre devido a carga excessiva de agrotóxicos utilizada na lavoura e, por consequência, na mesa dos são-miguelenses. Segundo a Associação Regional em Defesa da Ecocidadania, em todo o Brasil a média anual de consumo de agrotóxico nos alimentos é de 5,1 litros por pessoa, enquanto no Paraná o número já atinge 20 litros.

 

Para isso, durante todo o “Agosto Azul” a Secretaria de Saúde está mobilizando todos os postos de saúde e equipes do Programa Saúde da Família para prevenir as doenças que acometem a saúde do sexo masculino, principalmente o câncer.

 

“O homem é tão suscetível a ficar doente quanto as mulheres, portanto deve ter a mesma responsabilidade e nós também levarmos orientações e oportunidades para que esta precaução aconteça,” informou Maria Elisabete de Borba, Secretária de Saúde.

 

Sempre às sextas-feiras, o atendimento nos postos de saúde será para homens com mais de 50 anos, e prioritariamente os que trabalham na agricultura. As consultas deverão ser agendadas na unidade de saúde mais próxima, evitando assim que o são-miguelense enfrente filas ou falte ao trabalho. Conforme a Elisabete, todos os exames, como PSA e exame de grau de contaminação provocado pelo agrotóxico serão oferecidos gratuitamente pela Secretaria de Saúde.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+