Na noite de ontem (21), a equipe da Vigilância em Saúde de São Miguel do Iguaçu em parceria com as Vigilâncias de Missal e Itaipulândia, realizaram mais uma nova busca ativa de escorpiões na região central do município. Ao total foram encontrados 54 exemplares do artrópode.

Durante o trabalho de campo, a equipe observou que os terrenos estão em situação precária, com sujeira e entulhos, sendo propício para o habitat do animal, pois são nesses locais que o escorpião encontra alimento (baratas e demais insetos), água e abrigo (entulhos, restos de construções, material de desuso e matéria orgânica em decomposição, como folhas e galhos úmidos).

A Vigilância em Saúde alerta sobre o risco que a população está exposta se continuarem com seus terrenos em tais condições. Desta forma, orienta-se que mantenham os espaços limpos, a fim de evitar acidentes com o escorpião.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL


Compartilhe

Google+