Motoristas que aguardavam pelo curso de cargas perigosas já podem dirigir-se à Escola do Trabalho João Manoel Scheffer de São Miguel do Iguaçu para se matricular.

 

O curso proporcionará condições para que o condutor dirija com segurança, preservando sua integridade física, integridade do veículo e do meio ambiente. “Só quem tem o certificado desse curso pode trabalhar com esta categoria de carga”, explica a coordenadora da Escola do Trabalho, Sirlene Sagrilo Moro.

 

A formação será em dois finais de semana do mês de julho. Ao todo serão 50 horas/aula, com capacidade para 25 participantes. Para participar, o aluno deve ser maior de 21 anos, possuir carteira nacional de habilitação categoria de “B” a “E”. No ato da matrícula, apresentar comprovante de residência, cópia de RG e CPF e protocolo de abertura de processo junto ao Detran; documento a ser emitido no Ciretran de Medianeira com custo de R$ 63,00. Inscrições até o dia 27 de junho, na própria Escola do Trabalho.

 

O curso prepara novos profissionais para atuar em indústrias e empresas, ou mesmo para aprimorar e agregar uma forma de reconhecimento para aqueles que já exercem a função. O conteúdo programático compreende legislação de trânsito, direção defensiva, noções de primeiros socorros, meio ambiente, convívio social e movimentação de produtos perigosos.

 

As cargas consideradas perigosas são basicamente grandes objetos como as caçambas utilizadas em obras, autos de qualquer espécie, grande quantidade de materiais, produtos inflamáveis, entre outros. Para poder transportá-los é necessário vasto conhecimento, afinal, qualquer deslize poderá colocar a vida do condutor e das pessoas que estão à volta em grande perigo.

 

O curso de cargas perigosas é oferecido pela Prefeitura de São Miguel em parceria com o SEST/SENAT. Informações pelo 3565-3077. Clique AQUI e ouça a entrevista. 

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Josnei Wolfart
Atualizado às 15h11

 


Compartilhe

Google+