O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, através das secretarias municipais de Assistência Social; Cultura, Esporte e Lazer; e da Educação, está realizando diversas ações para marcar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comemorado em 18 maio.

A campanha de conscientização é realizada em todo Brasil e o Governo Municipal, através das secretarias, está desenvolvendo ações no mês de maio com objetivo de mobilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. 

Entre as ações estão um ato simbólico realizado no Paço Municipal e a decoração do prédio da prefeitura com a flor símbolo da campanha, que remete a uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança.

Também foi gravado um teatro de fantoche que foi entregue nas escolas do município, para orientar as crianças de uma maneira lúdica e conscientizar sobre as formas de abuso e como agir caso presencie algum fato.

A campanha tem o lema “Faça Bonito. Proteja nossas crianças e Adolescentes”, que nos lembra que a responsabilidade é de todos e as denúncias devem ser encaminhadas para os órgãos competentes

CASOS NO MUNICÍPIO

Devido à pandemia, isolamento social e fechamento das escolas e CMEI’s, muitas crianças perderam alguns de seus laços de confiança e principal canal de comunicação para a denúncia: os professores.

No entanto, mesmo diante do afastamento das crianças do principal canal de denúncia, o município de São Miguel do Iguaçu apresentou aumento nos registros de violência sexual no ano de 2020, comparados ao ano de 2019.

O CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, unidade pública de abrangência municipal, referência na oferta de trabalho social a famílias e indivíduos em situação de risco, é quem realiza o acompanhamento de crianças e adolescentes vítimas de: violência física; psicológica; negligência; violência sexual; entre outras.

O CREAS registrou em 2019: 127 solicitações de acompanhamentos à crianças/adolescentes, dentre estas, 40 por violência sexual, ou seja, 31,49% das solicitações foram em decorrência de alguma forma de violência sexual. 

Em 2020 foram 136 solicitações de acompanhamentos, sendo 47 por violência sexual, ou seja, 34,55% foram em decorrência de violência sexual. 

De janeiro a abril de 2021 já foram 23 solicitações de acompanhamentos, dentre estas 10 em decorrência de violência sexual contra criança/adolescente. 

Mais do que nunca é fundamental que a sociedade, assuma sua responsabilidade e diante de qualquer suspeita denuncie, seja ao Conselho Tutelar ou pelo disque 100, mesmo que de forma anônima.

18 DE MAIO

A data foi determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. Apesar da natureza hedionda, o crime permanece impune até hoje.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

São Miguel inicia implantação do Serviço de Acolhi... O município de São Miguel do Iguaçu conta com o Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes – Casa Lar e está iniciando a impla...
Prefeitura sanciona lei que institui programa de r... Foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do município de São Miguel do Iguaçu nesta quinta-feira, 18, a Lei nº 3.414/2021, que institui o Programa ...
Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu reinaugu... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, através da secretaria municipal de Saúde, reinaugurou no início noite de quarta-feira, 25, a Clínica de ...
Defesa Civil faz doação de cestas básicas para fam... A Defesa Civil de São Miguel do Iguaçu recebeu na quinta-feira, 15, da Defesa Civil do Paraná a doação de 50 cestas básicas para serem repassadas à f...

Compartilhe

Google+