Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s) e de Endemias (ACE’s) da Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu participaram nesta segunda-feira,18, no auditório da Uniguaçu, de uma capacitação sobre “Doenças Zoonóticas”.

O treinamento foi ministrado pela médica veterinária da 9ª Regional de Saúde de Foz do Iguaçu, Eliane Maria Pozzolo, e teve como foco cinco doenças que foram tratadas no encontro: Leishmaniose Visceral Canina, Esporotricose, Raiva, Febre Amarela e Febre Maculosa.

O diretor da Vigilância em Saúde da secretaria municipal, Volnei Augusto Schoninger, contou que em São Miguel do Iguaçu diversas ações vêm sendo executadas para minimizar os danos para a população. “Coleta de material biológico em cães para diagnóstico de Leishamniose Visceral Canina, aplicação de vacinas antirrábicas em cães e gatos em áreas de casos positivos, envio de amostras de material encefálico de cães e carcaças de morcegos para diagnóstico do vírus rábico, informação à comunidade dos cuidados com a febre amarela, entre outros”.

A palestrante Eliane destacou que estão sendo repassadas informações básicas sobre essas doenças. “Quem são nossos ‘olhos’ na comunidade são os Agentes Comunitários, por isso, treiná-los é fundamental”. Ela informou que na região são poucos casos detectados, no entanto, é preciso ficar vigilante. “Alertamos à toda comunidade para que fiquem atentos. Qualquer registro de animas mortos ou carcaças de morcegos, principalmente, precisa ser informado à Vigilância do município para serem tomadas as medidas imediatamente”.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Eloni Teresinha Conzatti de Queiroz, treinamentos dessa natureza serão constantes no Governo Municipal. “Eles estão na linha de frente na prevenção das doenças, por isso, precisam estar bem capacitados. Percebemos algumas doenças emergentes na nossa região, por isso, é preciso ficar alerta”.

Também estiveram presentes no evento o diretor administrativo da Uniguaçu, Leandro Scherer; o coordenador de Ciências Agrárias da Uniguaçu, Rodrigo Cesar dos Reis Tinini; o chefe da Atenção Básica em Saúde, Djonathan Adamante; médico veterinário da Vigilância em Saúde, Geovane Lourenço da Silva; a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mônica Luiza Saviatto Cardoso; a coordenadora de Imunização, Lucinei Aparecida da Silva; e o técnico da Vigilância no combate as Endemias, Marcos de Deus.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Governo Municipal confirma apoio a ASR e Cresol no... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio das secretarias de Educação e de Saúde, através da Vigilância em Saúde, vai apoiar o projeto “D...

Compartilhe

Google+