A secretaria municipal de Assistência Social de São Miguel do Iguaçu, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), está realizando diversas ações em preparação para a Semana de Combate à Violência contra a Mulher, que será realizada de 22 a 26 de novembro.

Foram confeccionados materiais gráficos, como cartazes e flayers, que estão sendo distribuídos em vários locais da cidade com o apoio da Associação Comercial e Empresarial de São Miguel do Iguaçu (ACISMI), Igreja Católica, órgãos públicos e das secretarias municipais de Saúde e Educação.  Nesses materiais constam dizeres como “Não se cale! Você não está sozinha!”; Canais de denúncias além de um Qr Code que direciona a cartilha de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Também foi criada uma cartilha de orientação online, que pode ser acessada clicando aqui.

Outra ação que está sendo realizada são rodas de conversa com alunos do Ensino Médio. O Colégio Dom Pedro II, do distrito da São Jorge, e os adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Adolescentes e do Projovem, já participaram dessas conversas.

De 22/11 a 26/11 serão realizados atendimentos itinerantes com psicólogo, assistente social e advogado com orientações e informações e, se for o caso, encaminhamentos para o CREAS. Vai ser um trabalho em parceria com estagiários do curso de enfermagem da Uniguaçu, que estarão aferindo a pressão e realizando orientações individuais. Será montada uma tenda com horário da manhã das 08h00 às 11h00 e de tarde, das 13h30 às 16h30, seguindo o seguinte cronograma:

22/11- Tarde – na Uniguaçu

23/11- Manhã – Aurora do Iguaçu
Tarde -São Jorge

24/11- Manhã -Santa Rosa
Tarde – Aldeia Indígena Avá Guarani

25/11- Manhã – Praça Henrique Ghellere ao lado da Prefeitura
Tarde – Farroupilha – Calçadão do Centro

26/11 – Manhã – Praça Bairro Floresta
Tarde – Ipiranga

No dia 22/11, dia de Combate à Violência contra a Mulher, será realizado o Evento de Abertura da Semana no Centro de Convivência do Idoso Ilza Terezinha Piccoli Pagot e terá a seguinte programação:

-08h00 – Coquetel com café da manhã
-08h30 – Abertura oficial do evento
-09h00 – Palestra sobre “Políticas de atendimento a mulher, em defesa e proteção às violências – pela autonomia e proteção”, com Simoni Beatriz Ferrari.

Informações apontam que no Paraná, nos primeiros seis meses de 2021, houve um aumento no número de registros de violência contra a mulher. Foram registradas 27.881 ocorrências de violência doméstica contra mulher nos primeiros seis meses de 2021, um aumento de 1% se comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram 27.622 casos registrados no Estado. O número de pessoas detidas neste ano, por violência doméstica contra mulher no estado do Paraná, foi de 3.968, sendo por prisão, cumprimento de mandado, ou apreensão de menor em flagrante.

É a primeira vez que o município realiza a Semana de Combate à Violência contra a Mulher e a mesma deverá estar no calendário de eventos anual da cidade.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Mutirão de limpeza contra a dengue será realizado ... Os trabalhos do mutirão de limpeza contra dengue, que está sendo realizado pelo Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio das diversas secr...
Idosos de 71 anos acima estão sendo vacinados em S... Desde as 08h30 deste sábado, 27, profissionais da secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu estão vacinando idosos com idade de 71 anos o...
Saúde inicia agendamento da vacina para novo grupo... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu vai iniciar nesta sexta-feira, 11, o agendamento da vacina contra a Covid-19 para um novo gru...
:: NOTA DE PESAR :: O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu manifesta, em tempo, o sentimento de pesar pelo falecimento da pioneira, colonizadora e 1ª professora do ...

Compartilhe

Google+