A secretaria municipal de Assistência Social de São Miguel do Iguaçu, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), está realizando diversas ações em preparação para a Semana de Combate à Violência contra a Mulher, que será realizada de 22 a 26 de novembro.

Foram confeccionados materiais gráficos, como cartazes e flayers, que estão sendo distribuídos em vários locais da cidade com o apoio da Associação Comercial e Empresarial de São Miguel do Iguaçu (ACISMI), Igreja Católica, órgãos públicos e das secretarias municipais de Saúde e Educação.  Nesses materiais constam dizeres como “Não se cale! Você não está sozinha!”; Canais de denúncias além de um Qr Code que direciona a cartilha de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Também foi criada uma cartilha de orientação online, que pode ser acessada clicando aqui.

Outra ação que está sendo realizada são rodas de conversa com alunos do Ensino Médio. O Colégio Dom Pedro II, do distrito da São Jorge, e os adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Adolescentes e do Projovem, já participaram dessas conversas.

De 22/11 a 26/11 serão realizados atendimentos itinerantes com psicólogo, assistente social e advogado com orientações e informações e, se for o caso, encaminhamentos para o CREAS. Vai ser um trabalho em parceria com estagiários do curso de enfermagem da Uniguaçu, que estarão aferindo a pressão e realizando orientações individuais. Será montada uma tenda com horário da manhã das 08h00 às 11h00 e de tarde, das 13h30 às 16h30, seguindo o seguinte cronograma:

22/11- Tarde – na Uniguaçu

23/11- Manhã – Aurora do Iguaçu
Tarde -São Jorge

24/11- Manhã -Santa Rosa
Tarde – Aldeia Indígena Avá Guarani

25/11- Manhã – Praça Henrique Ghellere ao lado da Prefeitura
Tarde – Farroupilha – Calçadão do Centro

26/11 – Manhã – Praça Bairro Floresta
Tarde – Ipiranga

No dia 22/11, dia de Combate à Violência contra a Mulher, será realizado o Evento de Abertura da Semana no Centro de Convivência do Idoso Ilza Terezinha Piccoli Pagot e terá a seguinte programação:

-08h00 – Coquetel com café da manhã
-08h30 – Abertura oficial do evento
-09h00 – Palestra sobre “Políticas de atendimento a mulher, em defesa e proteção às violências – pela autonomia e proteção”, com Simoni Beatriz Ferrari.

Informações apontam que no Paraná, nos primeiros seis meses de 2021, houve um aumento no número de registros de violência contra a mulher. Foram registradas 27.881 ocorrências de violência doméstica contra mulher nos primeiros seis meses de 2021, um aumento de 1% se comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram 27.622 casos registrados no Estado. O número de pessoas detidas neste ano, por violência doméstica contra mulher no estado do Paraná, foi de 3.968, sendo por prisão, cumprimento de mandado, ou apreensão de menor em flagrante.

É a primeira vez que o município realiza a Semana de Combate à Violência contra a Mulher e a mesma deverá estar no calendário de eventos anual da cidade.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Campanha ‘Descarte Consciente’ termina nesta quart... A campanha ‘Descarte Consciente’, que está sendo realizada pela secretaria municipal de Meio Ambiente em parceria com a AMAR (Associação de Agentes d...
Natal Despertando Sonhos chega à última noite enca... Será realizada nesta quinta-feira, 23 de dezembro, a última noite do Natal Despertando Sonhos, que está sendo desenvolvido pelo Governo Municipal de ...
Governo Municipal parabeniza Comunidade Indígena e... Neste dia 19 de abril, o Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu parabeniza a Comunidade Indígena Avá-Guarani Tekohá Ocoy pela passagem do Dia do Í...
Comissão discute ações voltadas às famílias do int... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu criou uma comissão que está discutindo ações que visam dar condições para uma maior qualidade de vida par...

Compartilhe

Google+