Uma plataforma hidrográfica irá monitorar o nível do Rio Pinto em tempo real. As imagens serão captadas por uma câmera instalada a quatro metros de altura.

 

O equipamento irá funcionar em conjunto com 10 pluviômetros automáticos e semi-automáticos que já monitoram o volume de chuva na cidade.

 

A plataforma hidrográfica está sendo instalada na altura da ponte da Rua Marechal Cândido Rondon. Técnicos devem trabalhar durante todo o dia, por isso o trânsito está em meia pista. A Guarda Municipal está sinalizando o local e pede a atenção dos motoristas.

 

Conforme o Coordenador Municipal de Defesa Civil, Pedro Bento Mota, o monitoramento irá ajudar na prevenção de desastres em caso de enchentes. A instalação do equipamento está sendo feita por técnicos do Cemaden – Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. As imagens captadas pela câmera serão transmitidas em tempo real por meio de rede telefônica e poderão ser acessadas por qualquer cidadão pela internet.

 

Atingidos – Desde 2014, famílias são-miguelenses que vivem às margens dos rios Pinto e Leão não sofrem mais com alagamentos. O prefeito Claudio Dutra conseguiu autorização do Instituto Ambiental do Paraná – IAP e do Instituto das Águas e determinou a limpeza e desassoreamento dos córregos. O trabalho durou quase um mês e percorreu 3,5 quilômetros ao longo do leito dos rios.

 

“Nossa administração é voltada para as pessoas que mais precisam da atenção do poder público. Não admitimos que famílias inteiras precisem deixar suas casas e perder todos os pertences. A limpeza dos rios foi feita e o sistema de monitoramento vai nos ajudar a manter a população ribeirinha tranquila”, destaca o prefeito Claudio Dutra.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Publicado às 11h28


Compartilhe

Google+