A Prefeitura Municipal de São Miguel do Iguaçu aderiu 100% da campanha Estadual ‘Hora H’. Desde sábado, dia 06, nove caminhões, uma retro-escavadeira e equipes extras estão passando pelas ruas do município recolhendo entulhos e lixos, que os moradores retiraram de seus quintais na semana passada.

A partir das 09 horas do sábado, o Prefeito Municipal Claudio Dutra acompanhado pela equipe da 9ª Regional de Saúde, equipe da Secretaria de Saúde, Comitê da dengue, Vigilância Sanitária, Defesa Civil, Polícia Militar, Guardas Municipais, secretários e servidores municipais iniciaram os trabalhos da força-tarefa de combate a dengue. Os mesmos se encontraram em frente ao Paço Municipal e após realizaram uma caminhada pelo centro entregando panfletos aos são-miguelenses, pedindo a colaboração para uma São Miguel limpa e sem dengue.

Os funcionários que estão trabalhando nesta força-tarefa para acabar com o mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, da zika e do chikungunya, não pararam nem no feriado de Carnaval.

De acordo com o Secretário de Saúde, Luiz Antonio Klajn, a campanha superou todas as expectativas. “Estamos fazendo uma ação gigantesca e que não se encerrou no sábado, continuou durante o Carnaval e se estenderá por muito tempo, até vencermos essa luta contra o mosquito da dengue. Uma campanha envolvendo toda equipe da Saúde, Agentes de Endemias, Agentes Comunitários de Saúde, Secretarias de Meio Ambiente e Obras. A quantidade de lixo que retiramos das ruas de São Miguel superou qualquer expectativa, mas esse foi o planejamento, para mostrar à população o quanto de lixo que os munícipes guardam em suas casas e quintais, e é nesse entusiasmo de combate a dengue que pedimos à população se conscientizar, mantendo sempre os lotes limpos, não deixando acumular tudo para um dia de arrastão”, salienta o Secretário.

Na última sexta-feira (05), o Prefeito Claudio Dutra decretou Estado de Atenção no município, devido ao aumento de casos de dengue e a alta infestação por aedes aegypti. Durante 180 dias haverá o Programa Municipal de Combate e Prevenção à Dengue, sendo assim, determina-se a Secretaria de Saúde autorizar, quando necessário, a entrada de agentes de saúde e servidores municipais designados para esse fim, acompanhados de autoridade policial, nos locais fechados ou abandonados. Além de contratação temporária de bens, obras e serviços. 

Com relação à planta crotalária, uma nova arma no combate da dengue, a Secretaria de Meio Ambiente estará distribuindo uma muda por família a partir do dia 20 de fevereiro. As mudas estão sendo cultivadas pelos funcionários do Horto Municipal.
 

Casos confirmados – A Vigilância em Saúde de São Miguel do Iguaçu confirmou hoje (10) que os casos confirmados de dengue subiram de 37 para 52 nos últimos sete dias. A vigilância ainda aguarda amanhã outros exames que estão sendo analisadas em Foz do Iguaçu.
 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Publicado às 14h10


Compartilhe

Google+