Durante a manhã de ontem (05) a equipe do Acolhimento Institucional da Casa Lar de São Miguel do Iguaçu estiveram na Aldeia Indígena Tekoa Ocoí, distrito de Santa Rosa, fazendo uma visita junto com a equipe da Universidade Federal da Integração Latino-Americana – UNILA e representantes da FUNAI.

O objetivo do encontro foi em iniciar as ações multidisciplinares relacionadas ao serviço de acolhimento de adolescente indígena, visando à reintegração ao convívio familiar e comunitário.

Estiveram presentes os seguintes profissionais, psicóloga Lenise Francielle Santos Battisti, Diretora Sideney Cardoso, da UNILA a docente em antropologia, coordenadora da cooperação Senilde Alcantara Guanaes e o assistente administrativo, acadêmico de antropologia, pesquisador dentro da cooperação Robson Eduardo Gibim, também o representantes da FUNAI José Luiz Tusi Perazzolo, coordenador  Regional de Guarapuava, Marineide Cardoso Peixoto Chefe do Serviço de Promoção dos Direitos Sociais e Cidadania – SEDISC, Christopher Feliphe Ramos indigenista especializado e a colaboradora antropóloga doutoranda Denize Refatti.

A integração e parceria das equipes mencionadas contribuem para a resolução de situações de violação de direitos das crianças e adolescentes desta área indígena.  

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL


Compartilhe

Google+