Os Agentes Ambientais que trabalham na Usina de Reciclagem de São Miguel do Iguaçu receberam na manhã de hoje (13), 22 cestas básicas no valor de R$ 150 cada uma. Há seis meses os agentes recebem essas cestas que auxiliam na renda mensal dessas famílias.

De acordo com o Coordenador da Usina de Reciclagem, Enio Zoche, a Prefeitura Municipal criou no começo do ano um convênio com a Associação AMAR. “Esse convênio já foi aprovado pela Câmara Municipal e recebemos a primeira parcela no mês passado. Com esse dinheiro, estamos pagando essas cestas básicas, reformando a estrutura da Usina. O refeitório, os banheiros já estão sendo pintados, estamos colocando instalações elétricas novas. Estamos também analisando para fazer uma divisória dentro do refeitório para uma cozinha. Pretendemos comprar uma geladeira, um fogão, um congelador para que o pessoal possa esquentar suas marmitas, ou fazer comida ali mesmo”, explica o coordenador.

Enio além de coordenador dos associados também foi destinado para ser fiscal do convênio. “É um dinheiro que é gastado com muita racionalidade e tudo com suas devidas comprovações. Estamos sempre procurando as prioridades, já concertamos também uma prensa que estava quebrada. A gente está tentando dar maior dignidade possível àquelas pessoas que fazem esse trabalho de extrema importância para o município”, salienta Enio.

A Presidente da Associação AMAR, Juliana Kun, disse que essas cestas básicas ajudam bastante. “Às vezes o salário que tiramos aqui é pouco. E essas cestas são o básico da alimentação e higiene, vem arroz, feijão, macarrão, óleo, manteiga, açúcar, farinha, além de vários produtos de higiene. O melhor de tudo é que vêm várias coisas, vêm dois ou três alimentos iguais, isso ajuda bastante”. 

A proprietária do mercado, que oferece as cestas básicas salienta que esses alimentos e produtos são os mesmos que têm em sua casa. “Isso mostra que é tudo de qualidade, não vem nada estragado, vem tudo contadinho iguais para todas as famílias. São alimentos necessários para uma alimentação diária”, explica Thais Magalhães.

Os 22 agentes ambientais que trabalham na Usina recebem uma renda melhor de quando trabalhavam pelas ruas de São Miguel. Para facilitar o trabalho, a Prefeitura disponibiliza um ônibus de ida e volta, pois a Usina está localizada próximo ao Balneário Ipiranga.

 


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Tallini Klassmann – MTE 10.115/PR

Publicado às 16h58


Compartilhe

Google+