São Miguel do Iguaçu é um dois oito municípios do Paraná a ser contemplado com o projeto ‘Cidades Digitais’, criado pelo Governo Federal, através do Ministério das Comunicações. Na manhã de hoje, os cabos de fibra óptica chegaram ao Paço Municipal.

De acordo com o gerente de projetos da Prefeitura Municipal, Luciano Aparecido Neris a Copel liberou o lançamento dos cabos de fibra óptica que serão instalados nos postes que é de sua propriedade. “Agora a cidade poderá fazer interligação nos pontos de acesso governamental, que são todos os prédios públicos, totalizando 24 pontos. Além dos pontos de acesso público, sendo três praças e a rodoviária municipal, que terão acesso gratuito a internet”. As praças beneficiadas são; Henrique Guellere, localizada ao lado da prefeitura, a do Bairro Floresta e a do Jardim Social.

O projeto permite que São Miguel tenha uma rede de telecomunicações que vai conectar a administração, permitir matrícula nas escolas via internet, marcação de consulta via internet, prestação de contas via internet e vai com certeza contribuir para diminuir os custos e, dar agilidade para a administração pública. O programa vai contar ainda com o uso de softwares para ajudar na administração pública, com vídeo de monitoramento em todos os prédios públicos e sistema inteligente de iluminação pública.

Os técnicos responsáveis pelo ‘Cidades Digitais’ do Ministério das Comunicações e os professores da Escola Nacional de Rede relatam que o município tem uma mina de ouro, onde a população terá simples acesso a internet, até mesmo um vídeo conferência com equipe de médicos, para solucionar problemas de saúde. Luciano também diz que o município terá que ser muito criativo e inteligente para usar uma ferramenta tão importante como essa.

Luciano relata que o projeto é um sonho que vem sendo construído há muito tempo com o apoio do prefeito Claudio Dutra, que também é o entusiasta desse tema. “A internet tem que ser popularizada, é um direito universal e o Governo tem que fazer sua parte, garantindo esse acesso”.

O projeto que vem sendo elaborado desde 2007 foi apresentado no Ministério de Comunicações e Ministério da Justiça, e em 2013 o prefeito Claudio Dutra assinou o acordo com o Ministério das Comunicações para implantação no município. O investimento total do ‘Cidades Digitais’ é de R$ 800 mil do Governo Federal, em contrapartida o município já investiu R$ 50 mil, além da troca de 11 postes.

Ao total, 30 km de fibra óptica serão instalados, com início nesta semana, interligando os 24 pontos com acesso mais rápido de internet banda larga. A Escola Nacional de Rede já capacitou dois servidores públicos para saber como que funciona o projeto Cidades Digitais.

 

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Tallini Klassmann

Atualizado às 17:17


Compartilhe

Google+