Um novo projeto do CITEL – Centro Integrado de Trabalho, Educação e Lazer “Emílio Glory Guerreiro”, de São Miguel do Iguaçu, está envolvendo crianças e o Lar dos Idosos – Centro Promocional Dom Scalabrini. O primeiro encontro foi realizado na sexta-feira (9), ocasião em que os idosos comemoraram o Dia dos Pais com diversas atividades de recreação no CITEL.

 

A secretária de Assistência Social, Serli dos Reis Dutra, e o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Luiz Antonio Klajn, prestigiaram o evento.

 

O projeto “Doutores da Alegria da 3ª Idade” visa valorizar, promover e resgatar a pessoa idosa, trazendo o idoso voluntário para passar seus conhecimentos de vida às crianças atendidas pelo CITEL. Contação de histórias, cuidados com horta, dicas de bordados, receitas, encontros, passeios, cursos, palestras, eventos culturais e recreação são as principais atividades a serem desenvolvidas com as crianças e os velhinhos.

 

No primeiro encontro, uma turma do Lar dos Idosos passou momentos de muita alegria e descontração com as crianças e a equipe do CITEL, com direito a danças, músicas ao som de gaita e pandeiro, histórias, muitos abraços e um almoço comemorativo.

 

De acordo com a coordenadora do CITEL, Flavia Murray Dartora, essa troca de experiências tem o envolvimento das crianças para que possam também repassar seus conhecimentos como informática, brincadeiras, passeios, cinema e outras atividades organizadas pela equipe responsável. “Propomos, com isso, dar ao idoso uma perspectiva de olhar além das limitações de suas atividades, de uma aposentadoria que o incapacita, de suas vivências e humilhações sofridas. Queremos ajudá-los a olhar a vida com um novo olhar, aprender novos saberes, superar os limites oferecidos, encorajá-los a realizar os sonhos idealizados ou mesmo ajudá-los a sonhar”, explica Flavia.

 

Atendimento

 

O CITEL oferece atendimento no contra turno social a mais de 220 crianças, com idade entre seis e 12 anos, prioritariamente em situação de vulnerabilidade social.

 

O trabalho desenvolvido com os alunos inclui oficinas e atividades como artesanato, teatro, contação de histórias, educação física, noções de cidadania, entre outras. O espaço também conta com sala de informática, biblioteca, brinquedoteca, piscina, consultório odontológico, marcenaria, horta e padaria próprias.

 

O quadro de profissionais do CITEL possui educadores sociais e equipe multidisciplinar. “O nosso trabalho é de amparo às famílias, buscando a melhoria do convívio das crianças em sociedade e em seus lares, auxiliando as mães que precisam trabalhar e não tem onde deixar seus filhos”, informa a coordenadora.

 

O Centro Integrado de Trabalho, Educação e Lazer é vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social e também conta com o apoio do Conselho Tutelar.

 


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+