O CITEL – Centro Integrado de Trabalho Educação e Lazer “Emílio Glory Guerreiro”, de São Miguel do Iguaçu, retornou às atividades com os alunos nesta segunda-feira (1º). O local atende atualmente 70 crianças no período da manhã e 150 à tarde.

 

Totalmente reestruturado e reformado, o CITEL oferece atendimento no contra turno social a crianças com idade entre seis e 12 anos, prioritariamente em situação de vulnerabilidade social.

 

De acordo com a coordenadora Flavia Murray Dartora, o trabalho desenvolvido com os alunos inclui oficinas e atividades como artesanato, teatro, contação de histórias, educação física, noções de cidadania, entre outras. O espaço também conta com sala de informática, biblioteca, brinquedoteca, piscina, consultório odontológico, marcenaria e padaria próprias. “Todo o consumo de massas é produzido em nossa padaria. Também estamos implantando uma horta para produção de orgânicos, que irá compor a alimentação das crianças”, informou.

 

A marcenaria, além de efetuar consertos para o CITEL, também irá produzir peças para venda. A renda será revertida para melhorias no local. Para este ano, o CITEL deverá firmar parcerias com instituições e entidades como a APROSMI, Sebrae e Uniguaçu, para a realização de cursos e outras atividades.

 

Equipe de trabalho – O quadro de profissionais do CITEL é composto de educadores sociais e equipe multidisciplinar. As atividades com os alunos, conforme a coordenadora, respeitam um planejamento estratégico e pedagógico destes profissionais. “O nosso trabalho é de amparo às famílias, buscando a melhoria do convívio das crianças em sociedade e em seus lares, auxiliando as mães que precisam trabalhar e não tem onde deixar seus filhos”, explicou Flavia.

 

Os pais interessados em matricular seus filhos devem se dirigir ao CITEL para fazer um cadastro. Posteriormente, uma equipe de assistentes sociais realiza uma visita à família. O Centro Integrado de Trabalho Educação e Lazer é vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social e também conta com o apoio do Conselho Tutelar.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+