O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, está apoiando o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e Itaipu Binacional na implantação do Programa de Integração Universidade e Empresa (PIUE) no município.

Lançado no ano passado, como parte do programa Acelera Foz, o PIUE tem o objetivo de estimular e diversificar a economia da região e dar a oportunidade para os jovens estudantes darem o primeiro passo em suas jornadas profissionais.

O programa amplia o número de pessoas atuando em inovação, integrando alunos, orientadores e empresas em atividades de Pesquisa e Desenvolvimento e Inovação (P&D+ I). Com base nos bons resultados obtidos na tríplice fronteira, buscando ampliar sua atuação e benefícios para a região lindeira, está em fase de planejamento a expansão para outros seis municípios, entre eles São Miguel do Iguaçu.

Serão ofertadas mais de 50 bolsas para acadêmicos de Instituições de Ensino Superior desenvolverem ações de inovação em empresas dos municípios de: Guaíra, Terra Roxa, Marechal Cândido Rondon, Santa Helena, Medianeira e São Miguel do Iguaçu.

‘Esse projeto é para o desenvolvimento local, ou seja, a ideia dele é a empresa do município, buscar uma faculdade do município e o acadêmico que mora aqui e estuda nesta faculdade, desenvolver um projeto de inovação, buscando melhores resultados para a empresa. O PTI vai fornecer uma bolsa de R$800,00 e a empresa interessada deverá complementar o repasse com pelo menos mais 10% desse valor’, explicou o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Valcir Teixeira. 

Segundo o diretor superintendente do PTI-BR, general Eduardo Garrido, o Parque Tecnológico tem entre os seus propósitos promover a conexão entre as instituições de ensino e as empresas. Desse modo, um dos objetivos do programa é oportunizar a inserção dos estudantes universitários no ambiente empresarial, além de diminuir a evasão. Além disso, há outros resultados como a qualificação dos negócios, o estímulo à economia e a oferta de mais empregos.

“As empresas são beneficiadas com o trabalho dedicado de acadêmicos que têm a oportunidade de atuar no mercado. As universidades e professores conseguem engrandecer a experiência acadêmica a partir da aplicação prática de conceitos debatidos em sala de aula. A metodologia Hands On –  “mão na massa” – proporciona que os estudantes aprendam mais, pois irão vivenciar as dificuldades do dia a dia das empresas, além de receberem bolsas por um período de até 9 meses”, disse o general Eduardo Garrido.

Nesta quinta-feira, dia 04 de novembro, será realizada uma live de apresentação do programa no canal do Youtube do PTI-BR, a partir das 19h00. 

Estudantes, professores universitários e empresários estão sendo convidados para conhecer esta oportunidade. As inscrições podem ser realizadas no link:  https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=dqQc8D1f0U2fIjfQxJRr41lZvsPMKz5AuSh_BQNO4nNUMzFMUENFMEI0MzRZTU4yRlBUQjZSUzY5SS4u.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL
Com assessoria PTI

Notícias Relacionadas

Quarta-feira (15) tem aplicação da 2ª dose da Astr... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu marcou para a próxima quarta-feira, dia 15 de setembro, a aplicação da 2ª da AstraZeneca/Fioc...
Meio Ambiente realiza mais etapa da campanha Recic... A secretaria municipal de Meio Ambiente de São Miguel do Iguaçu realiza nesta quarta-feira, dia 18 de agosto, em parceria com a AMAR (Associação dos ...
Saúde marca datas para vacinação contra Covid-19 d... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu marcou as datas para vacinação da população em geral de 46 e 45 anos, para dar sequência ao P...

Compartilhe

Google+