Na manhã de hoje (20), o Comitê Intersetorial para controle da Dengue de São Miguel do Iguaçu, realizou uma reunião na Câmara Municipal com a participação de todos os Agentes Comunitários de Saúde e Endemias. O objetivo do encontro foi avaliar os trabalhos realizados nos últimos meses no combate do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da zika e do chikungunya.

Na oportunidade, o vigário da Paróquia São Miguel, Padre Paulo Valer esteve conversando com os participantes da reunião sobre o importante trabalho dos agentes que estão fazendo na cidade. Ele ainda pediu a união de todos os munícipes para combater esse mosquito que transmite várias doenças.

Estiveram presentes também na reunião o Secretário de Saúde, Luiz Antonio Klajn, Secretário de Administração, Valdecir Lago, Secretária de Educação, Marli Frasson Possamai, representantes da Secretaria de Meio Ambiente, Tributação, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal.

De acordo com o Secretário Luiz essas reuniões acontecem frequentemente e servem para debates entre os funcionários. “São nesses encontros que colocamos no papel todos os acertos e erros que tivemos nas ações já realizadas. Todos os agentes têm oportunidade de falar e acrescentar alguma sugestão para uma próxima campanha de combate a dengue. Aproveitando quero parabenizar todos os funcionários que estão trabalhando em prol de um município sem dengue, todas as campanhas deram certo e vamos continuar lutando, mas para isso, temos também que contar com o apoio da população são-miguelense”, salienta o secretário de Saúde.

O Secretário Valdecir informou aos Agentes Comunitários de Saúde e aos Agentes de Combate a Endemias que a partir deste mês os funcionários irão receber bonificação salarial, no valor máximo correspondente a R$ 250 aos agentes que atingirem a meta de 80 a 100%. “Essa bonificação, além do salário mensal, será paga em cima de sua produção, ou seja, os funcionários terão que cumprir metas. Os critérios serão analisados pelo Secretário de Saúde”, explica o secretário de Administração. 
 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Publicado às 11h19


Compartilhe

Google+