A Prefeitura Municipal de São Miguel do Iguaçu, por intermédio do Comitê Intersetorial para controle da Dengue realizaram ontem (23) na Câmara Municipal de Vereadores a primeira reunião do ano e apresentou as novas metas para 2019 em relação à dengue, zika, chikungunya e escorpiões.

Durante a reunião estavam presentes todos os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, equipe da Vigilância, secretários, vereadores, servidores e a população em geral.

De acordo com a Diretora da Vigilância Sanitária e Epidemiologia, Priscila Dorigon, este primeiro encontro foi muito importante, pois é dele que se baseiam todas as decisões que serão tomadas. “A meta para 2019, é terminar o ano com o LIRAa em 2,0%. No ano passado a gente realizou um mutirão de limpeza pela cidade o que ajudou bastante a diminuir o índice, e durante este ano nossa equipe vai trabalhar para que a nossa meta seja alcançada”, enfatizou.

O último LIRAa (Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti) realizado entre os dias 14 a 18 de janeiro constatou que o Município continua em alto risco para uma epidemia de dengue, zika e chikungunya, com resultado de 5,1.

Priscila reforça que os cuidados tanto para a dengue como o escorpião, é manter os lotes limpos e evitar água parada, mas esse trabalho deve ser feito por todos os cidadãos, não somente a Prefeitura.

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL


Compartilhe

Google+