Os Conselheiros do Plano Diretor Municipal de São Miguel do Iguaçu estiveram reunidos na quarta-feira, 24, na sala de reuniões da prefeitura, com o inspetor-chefe da delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Foz do Iguaçu, Marcos Pierre Carvalho.

Na oportunidade ele apresentou o projeto da nova unidade operacional que será construída em São Miguel do Iguaçu, às margens da BR-277, para os trabalhos desenvolvidos na região de fronteira, que abrange a delegacia de Foz.  “O investimento será da ordem de R$ 10mi e a previsão de início das obras é para o primeiro semestre de 2023, com prazo de dois anos para sua conclusão. Essa Unidade Operacional vai ser única dessa natureza no Brasil”, informou Pierre.

Recentemente esse projeto foi apresentado para a equipe do Governo Municipal, que se colocou à disposição da PRF para prestar todo o apoio necessário nas ações que cabem ao município.

O presidente do Conselho do Plano Diretor, João Faggion, disse que é um projeto arrojado e realizado com muita competência. “Vejo com bons olhos esta unidade operacional porque é uma estrutura diferenciada e a primeira no Brasil, que servirá de modelo para outros lugares, além da parceria da Itaipu Binacional que dará, não só o suporte financeiro, como também agilidade na construção”.

Faggion completou dizendo que “para o nosso município de São Miguel do Iguaçu isto caiu como uma ‘luva’ porque nossa cidade será vista pelo mundo inteiro, até para segurança de quem trafega pela BR-277, possibilitando uma viagem mais tranquila. Parabenizamos o prefeito e o vice pela competência e o apoio do município a esta obra que será sem dúvida o cartão de visita para entrar e sair de nossa cidade”.

Na reunião foram analisados ainda outros assuntos, entre eles, a alteração da Lei de Zoneamento para adequação das planilhas de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE’s).

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL


Compartilhe

Google+