Aconteceu na manhã desta terça-feira, 14, na sala de reuniões da prefeitura, o encontro dos membros que compõem o Conselho do Fundo de Desenvolvimento de São Miguel do Iguaçu (Fumdesmi). O objetivo foi eleger a nova diretoria e atender demandas apresentadas por empresários do município.

Para presidente foi eleita a diretora da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Maria Neli dos Reis; vice-presidente Cláudia Rodrigues, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR); e secretária Silmara Coletti; da Associação Comercial e Empresarial de São Miguel do Iguaçu (Acismi).

O conselho é formado por quatro membros de entidades públicas e, pela primeira vez, por quatro membros de entidades civis e privadas. Os representantes públicos são da secretaria de Desenvolvimento Econômico; Finanças; Assuntos Comunitários, Segurança e Trânsito; e Agricultura. A sociedade civil têm representantes das instituições financeiras, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e Patronal e Associação Comercial e Empresarial de São Miguel do Iguaçu (Acismi).

Para Cláudia Salmoria Rodrigues, representante do STR, é muito importante a participação da sociedade civil no conselho para que haja maior transparência nas ações.  “As decisões não ficam focadas apenas na Administração Pública, mas sim em toda a sociedade”.

A secretária executiva da Acismi, Silmara Coletti, afirmou que a Associação vê com bom bons olhos a participação no conselho tendo em vista que representa uma classe importante da sociedade, que é a empresarial. “Nossa opinião é fundamental nesse processo”.

Segundo o representante das instituições financeiras, Volnei José Geron, participar desse trabalho é contribuir com o desenvolvimento do município. “São muitas as demandas dos empresários da cidade e atender dentro das possibilidades é fundamental buscando sempre o principal objetivo do Fumdesmi que é a geração de emprego e renda”.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Valcir Teixeira, o conselho é fundamental para analisar situações que a Lei não prevê e apresentar sugestões para a administração pública. “São as demandas apresentadas pelos empresários no sentido de solicitar isenções, ajustes, subsídios, entre outros”.

A Lei Municipal nº 2.696/2015 é que institui o Fundo Municipal de Desenvolvimento de São Miguel do Iguaçu (Fumdesmi), e dispõe sobre a concessão de incentivo a instalação e ampliação de indústrias no município com o objetivo de gerar emprego e renda.

Os representantes do Conselho:

Representantes governamentais:

-Maria Neli dos Reis – Representante da secretaria municipal de

Desenvolvimento Econômico.

-Isair Radaelli – Representante da Secretaria Municipal de Agricultura.

-Willian Raimondi de Mattos – Representante da secretaria municipal de

Assuntos Comunitários, Segurança e Trânsito.

– Tathiana Niero – Representante da secretaria municipal de Finanças.

Representantes Não Governamentais:

-Jolmir Raimundi – Representante da Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Iguaçu;

– Cláudia Salmoria Rodrigues – Representante do Sindicato dos

Trabalhadores Rurais de São Miguel do Iguaçu;

– Luiz Ghiggi – Representante do Sindicato Rural de São Miguel do Iguaçu;

-Volnei José Geron – Representante da instituição financeira conveniada

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Atletas do handebol feminino de São Miguel são con... As atletas Júlia Schuvank Maculan e Maria Isabel Freitas Medina, das escolinhas de handebol da secretaria municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turi...
Campanha Nota Fiscal Premiada já distribuiu mais d... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio das secretarias de Assuntos Comunitários, Segurança e Trânsito e de Desenvolvimento Econômico, ...
Definidos os candidatos a sinhá e sinhô infantil e... Estão definidos os candidatos do concurso de sinhá e sinhô infantil e da terceira idade do 1º Arraiá Junino, evento que o Governo Municipal de São Mi...
Governo Municipal e Senac abrem inscrições para cu... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Sen...

Compartilhe

Google+