Um convênio firmado entre o Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu e a Itaipu Binacional vai investir mais de R$ 3,6 milhões em diversas atividades ligadas as secretarias de Agricultura e Meio Ambiente.

A hidrelétrica irá repassar ao município R$ 2.650.711,20 (dois milhões seiscentos e cinquenta mil e onze reais com vinte centavos) e a prefeitura investirá como contrapartida R$ 1.017.491,80 (um milhão dezessete mil quatrocentos e noventa e um reais com oitenta centavos), em um período de dois anos (2021-2023), previsto no convênio.

Entre os projetos estão:

Agricultura:

– Adequação de estrada e cascalhamento na Comunidade Santa Cruz do Ocoí (Propriedade do Sr. Eugênio Vier até a entrada da Aldeia Tekohá Ocoí);

– Adequação de estrada e cascalhamento da PR-497 até o entroncamento da linha Urussanga, propriedade da família Burigo;

– Adequação de estrada e calçamento na Linha Cotia, propriedade Silvino Tres – sentido comunidade;

– Calçamento no Assentamento Sávio, continuação do trecho para desvio da reserva de Itaipu;

– 50 toneladas de calcário, para atender conforme demanda e

– 150 horas de serviço de escavadeira hidráulica para atividade de Aquicultura (serão contempladas propriedades que já possuem licenciamento para a atividade).

Todos esses investimentos já estão com os projetos concluídos, aguardando os orçamentos para o processo licitatório.

Meio Ambiente:

– Triturador de galhos – R$ 185 mil

– Balança Eletrônica com rampa – R$ 9 mil

– Caminhão compactador – resíduos sólidos – R$ 420 mil

– Empilhadeira motorizada – R$120 mil

– Esteira de Elevação – R$ 60 mil

Esses e outros itens de menor preço estão aguardando orçamento e dotação orçamentária para ser aberto processo de licitação para compra.

O convênio prevê ainda a reforma da estrutura onde atua a AMAR (Associação de Agentes do Meio Ambiente e Reciclagem de São Miguel do Iguaçu), porém, como o município adquiriu uma propriedade de 4 alqueires para a instalação de um novo Aterro Sanitário, já que o atual não atende mais a demanda, trabalha para transferir o valor para a construção de um barracão no novo local. A nova área já foi declarada como utilidade pública através do decreto nº 272/2021.

A Itaipu Binacional já realizou vistoria na propriedade e sinalizou positivamente para implantação do aterro e posterior convênio para compra de equipamentos.

Também já foi realizado o Laudo Hidrogelógico e a secretaria de Meio Ambiente prepara pedido de orçamentos para elaboração do projeto executivo.

 Para viabilizar a instalação, a Assessoria Institucional de Desenvolvimento Econômico e Social aguarda o lançamento do edital do programa ‘Compra de Resultados’, do Governo do Estado, para cadastrar o município na lista das cidades aptas a receber recursos para implantação de aterros sanitários.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Assinada ordem de serviço para pavimentação asfált... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Obras e Viação, assinou na tarde desta segunda-feira, 27, a ordem de serviço p...
Secretaria emite nota de esclarecimento sobre vaci... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu vem através desta, esclarecer aos profissionais de saúde que atuam em farmácias, clínicas méd...
Governo Municipal abre inscrições do PSS para cont... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu abriu na quinta-feira, 05, as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº011/2021, visando ...
Participantes do projeto ‘Academia da Saúde’ fazem... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio das secretarias de Saúde e de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, promoveu na última sexta-feira...

Compartilhe

Google+