Em meio à situação complicada causada pela pandemia da Covid-19, a população de São Miguel do Iguaçu também precisa manter o alerta ligado e tomar todos os cuidados com o mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Boletim da dengue desta semana aponta que o município já registrou no ano epidemiológico 146 notificações da doença, sendo que destas, 8 foram casos confirmados, 135 descartados e 3 casos estão em investigação.

A dengue mata. E caso a pessoa contraia dengue e coronavírus, pode ter seu estado de saúde ainda mais grave, com risco maior de morte. Há também o problema de falta de leitos na região, o que pode deixar as pessoas sem internamento em caso de necessidade.

Por isso, tome todos os cuidados, eliminando possíveis focos de criadouros do mosquito, não deixando água parada em nenhum recipiente e mantendo limpos lotes e ambientes internos.

As equipes da Saúde estão fazendo as visitas nas residências e também monitorando as localidades onde foram notificados os casos, realizando o trabalho de bloqueio onde é necessário.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Administração e SEBRAE debatem detalhes de parceri... O vice-prefeito de São Miguel do Iguaçu Claudio Rodrigues, e o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Valcir Teixeira, estiveram reun...
:: NOTA DE PESAR :: O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu manifesta sentimento de profundo pesar pelo falecimento do ex-vereador e ex-diretor de departamento do mu...
Meio Ambiente realiza nesta quarta-feira (15) a et... A secretaria municipal de Meio Ambiente de São Miguel do Iguaçu realiza nesta quarta-feira, dia 15 de setembro, a etapa mensal da campanha Recicla SM...

Compartilhe

Google+