O CRAS – Centro de Referência de Assistência Social de São Miguel do Iguaçu está mobilizando as famílias beneficiárias de programas do Governo Federal para participar de oficinas de convivência. A ação faz parte do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF e tem por objetivo um trabalho de caráter continuado que visa fortalecer a função de proteção das famílias, prevenindo a ruptura de laços, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida.

 

Dentre os objetivos do PAIF destacam-se o fortalecimento da função protetiva da família; a prevenção da ruptura dos vínculos familiares e comunitários; a promoção de ganhos sociais e materiais às famílias; a promoção do acesso a benefícios, programas de transferência de renda e serviços socioassistenciais; e o apoio a famílias que possuem, dentre seus membros, indivíduos que necessitam de cuidados, por meio da promoção de espaços coletivos de escuta e troca de vivências familiares.

 

Um grupo de 30 a 40 famílias participam das reuniões mensais iniciadas em agosto. Conforme a assistente social do CRAS, Vivian Pilger Santos, no município são 172 famílias que se enquadram no perfil para o auxílio alimentação e estão em situação de vulnerabilidade e risco social. “A proposta é mobilizar e incentivar os integrantes da família na participação de cursos, palestras, oficinas, atividades de recreação, para que eles tenham condições concretas de modificar e enfrentar as situações de vulnerabilidade vivenciadas, contribuindo para sua proteção de forma integral”, explica Vivian.

 

Atuação do CRAS

 

O CRAS é uma unidade socioassistencial que possui uma equipe de trabalhadores da política de assistência social responsável pela implementação do PAIF, de serviços e projetos de Proteção Básica, e pela gestão articulada no território de abrangência, sempre sob orientação do gestor municipal.

 

O Centro de Referência é uma unidade pública estatal localizada em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, destinada ao atendimento socioassistencial de famílias. Ele é o principal equipamento de desenvolvimento dos serviços socioassistenciais da proteção social básica.

 


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+