A obra de ampliação da Escola Estadual Dom Pedro II agora é realidade. O momento histórico, da assinatura da ordem de serviço, pelo prefeito Armando Polita, juntamente com Volnei Adamante, vice prefeito, Maria Margarida Pansera (secretária de educação), Rosari Bedin (secretário de administração), Ivone Aparecida Perez Muller (chefe do Núcleo Regional de Ensino) e o proprietário da empresa Zuse Construções Civis Ltda., empresário Arno Osmar Zuse aconteceu na sexta-feira, 1°, na  própria escola.

 

O vereador e professor da escola por mais de 8 anos, Agenor Dorigon, representou o presidente da Câmara, Antônio Dilmar T. Mafalda no grupo principal, formado também pelos professores Elcio Rosas e Noeli Back Rocha, respectivamente diretores das Escolas Dom Pedro II e Artur Cardoso, Valdemar Fogaça, subprefeito distrital  e lideranças da comunidade.

 

A Obra

A empresa terá 180 dias úteis para executar o projeto e de acordo com o convênio os pagamentos serão três parcelas, conforme os relatórios de acompanhamento cuja responsabilidade será da direção escolar, APMF, Núcleo Regional de Educação e Prefeitura Municipal.

 

Ao todo serão 607 metros quadrados de ampliação, distribuídos em três novas salas de aula, refeitório, novos banheiros com acessibilidade, cozinha e sala de recepção, com investimentos de aproximadamente R$ 450.000,00.

 

Em seu discurso a chefe do N.R.E/ Foz do Iguaçu, Ivone Perez Muller evidenciou a pronta disposição do governo municipal em viabilizar a  obra – reivindicação de muitos anos da comunidade -. “Fico muito feliz porque esta obra terá um significado muito grande para a comunidade escolar. O seu Armando foi receptivo a proposta de parceria com o estado e tenho certeza que a qualidade da educação será ainda melhor.” – afirmou ela que pediu comprometimento da comunidade escolar na fiscalização da obra.

 

O vereador Professor Agenor Dorigon falou em nome do legislativo. Ele que iniciou suas atividades no magistério lecionando na Escola Dom Pedro se declarou emocionado com o momento. “Esta obra se faz necessária há tanto tempo e não há espaço para duas escolas na comunidade como foi pregado, mas o bom senso prevaleceu e São Jorge ficará bem servido com escola de qualidade”, disse o vereador Professor Agenor.

 

“Este sonho vem de muitos anos. Antes de assumir o mandato já brigávamos por esta obra”, afirmou o prefeito Polita ao iniciar seu discurso.

 

Sem esconder a alegria o prefeito lembrou alguns projetos desenvolvidos em São Jorge como o Ginásio de Esportes – iniciado na década de 90 e inaugurado há 12 anos – e agradeceu especialmente o deputado Fernando Giacobo que segundo Polita fez ligações ao vice-governador e secretário de educação, Flávio Arns no sentido de acelerar a aprovação do projeto.


Compartilhe

Google+