Após o município de São Miguel do Iguaçu receber as doses da vacina contra a Covid-19, a secretaria municipal de Saúde imediatamente iniciou o plano de imunização do público prioritário inicial, definido pelo Estado.

Nesta primeira etapa estão sendo imunizados profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao Coronavírus, Aldeia Indígena e idosos do Lar Dom Scalabrini.

Como parte do protocolo, a secretaria enviou a 9ª Regional de Saúde de Foz do Iguaçu uma lista de todas as pessoas que se enquadram no grupo inicial. As unidades que atuam na área de saúde no setor privado também seguiram o mesmo protocolo, enviando a lista também para o município.

Ocorre que, quando a equipe de imunização da secretaria de Saúde foi até uma dessas unidades privadas realizar a imunização, alguns funcionários que não atuam na linha de frente se apresentaram e acabaram sendo vacinados.

Assim que a lista de imunizados foi apresentada na secretaria de Saúde e a divergência nos nomes constatada, a secretaria municipal imediatamente acionou a 9ª Regional de Saúde e também o Ministério Público do Paraná e denunciou o ocorrido.

Também, um Processo Administrativo Disciplinar foi instaurado na prefeitura e está investigando a conduta das funcionarias públicas que teriam, em tese, não seguido o protocolo estipulado pela secretaria municipal de Saúde quanto ao Plano de Imunização Municipal  contra COVID-19.

‘Não concordamos com o ocorrido, por isso, a abertura do Processo Administrativo e a denúncia junto ao Ministério Público’, destacou a secretária de Saúde, Clair de Lara Boles, que destacou ainda que apesar de as pessoas vacinadas trabalharem na saúde, ‘agora o momento é a linha de frente’.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Prefeitura de São Miguel do Iguaçu abre PSS para c... Foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do município de São Miguel do Iguaçu nesta sexta-feira, 12, o Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº005/2...

Compartilhe

Google+