O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, através da secretaria de Saúde, comprou mais dois respiradores (ventiladores mecânicos) e três bombas de infusão para reforçar o atendimento no Complexo Hospitalar Municipal. Os equipamentos foram adquiridos com recursos próprios da secretaria, com investimento aproximado de R$ 204 mil.

Com a aquisição, o município passa a ter cinco respiradores pulmonares para atendimento de pacientes que necessitarem intubação, sendo neste momento, um importante reforço para a ala de pacientes com Covid-19, tendo em vista a falta de leitos hospitalares em toda a região e Estado.

Já as bombas de infusão são utilizadas no controle de aplicação de medicamentos, garantindo precisão na quantidade aplicada.

‘Diante do atual cenário de falta de leitos na região e em todo o Estado é um importante reforço para o nosso município, pois são duas pessoas a mais que poderemos atender. É uma chance a mais que o paciente tem, caso precise de leito de UTI e não consiga’, destacou a secretaria municipal de Saúde, Carline Slovinski Acordi Garcia, lembrando que o atendimento no Hospital Municipal ‘é um atendimento emergencial, pois suporta atender por poucos dias um paciente’.

Os equipamentos foram recebidos no último fim de semana e já estão prontos para serem colocados em funcionamento. Na manhã desta segunda-feira, 08, o vice-prefeito, Claudio Rodrigues; a secretária de Saúde, Carline Slovinski Acordi Garcia; e o diretor de Saúde, Marcelo da Rosa, foram ver os equipamentos recém-montados.

Aproveitando a ida até o Complexo Hospitalar, Claudio Rodrigues também visitou a ala Covid-19, onde atualmente estão internados sete pacientes, sendo que destes, dois aguardam vagas em UTI. ‘Recebemos esses equipamentos com muita alegria, pois com eles poderemos dar um suporte para os pacientes até eles serem transferidos para hospitais referência’, destacou.

Acompanhando a realidade do Hospital, o vice-prefeito também fez um apelo para a população tomar todos os cuidados e evitar a propagação do coronavírus.  ‘Aproveitamos a visita para analisar a situação e percebemos que o momento é realmente muito preocupante. Por isso, precisamos da ajuda de toda a população, para que tome todos os cuidados. Flexibilizamos alguns pontos do decreto, mas os munícipes precisam entender. Ficar em casa, usar máscara e álcool em gel. Um cuidar do outro. Estamos fazendo nossa parte e precisamos que a população faça a dela. Tudo vai passar, mas vai demorar’, relatou.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Vacinação noturna para aplicação da 2ª dose será r... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu vai realizar nesta quinta-feira, dia 11 de novembro, vacinação noturna para aplicação da 2ª d...
Saúde de São Miguel do Iguaçu vacina 130 idosos de... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu iniciou na manhã desta terça-feira, 23, a vacinação de idosos de 75 anos, seguindo a 5ª etapa...
Prefeito e vice visitam estradas rurais que estão ... O prefeito de São Miguel do Iguaçu, Motta, e o vice-prefeito, Claudio Rodrigues, estiveram visitando na tarde de terça-feira, 10, estradas rurais nas...

Compartilhe

Google+