O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico, iniciou na noite de segunda-feira, 02, na Escola do Trabalho João Manoel Scheffer, o curso de Auxiliar de Confecção. São vinte e cinco alunos que vão se reunir de segunda à sexta para um total de 160 horas de atividade.

A estudante Taline Vargas Fleck decidiu fazer o curso porque quer algo a mais no seu currículo e que já tem um lugar para trabalhar. “Minha madrinha tem uma empresa de confecção e ofereceu uma vaga de trabalho”. Ela disse ainda que se interessou pelo curso também pela carga horária oferecida e o conteúdo que é excelente.

De acordo com a professora Ivanir Terezinha da Silva Souza, o curso que será ministrado está dentro do objetivo do ‘Caminhos da profissão’, programa do Sesi e Senai criado para dar oportunidade de qualificação profissional e formação cidadã de graça para jovens e adultos de baixa renda e desempregados. “Os alunos vão aprender todo o processo de confecção, como a criação, desenvolvimento técnico, modelagem, pilotagem, aprovação, graduação e produção”.

A orientadora pedagógica do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), parceira do projeto, Elisangela Oliveira dos Santos Drumond, informou que o curso de Auxiliar de Confecção é o início do desenvolvimento profissional de muitos estudantes. “É tão gratificante ver que o município de São Miguel do Iguaçu está crescendo e com o olhar voltando para a necessidade da formação profissional”. Ela destacou ainda que estão programadas várias outras capacitações para a população da cidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Valcir Teixeira, disse que esse é o momento da retomada dos cursos na Escola do Trabalho que recebeu inúmeras melhorias para acolher bem a todos os alunos. “É gratificante quando vemos que a população participa e busca qualificação e esse é um dos objetivos do Governo Municipal, oferecer cursos profissionalizantes que a comunidade precisa”. Ele anunciou ainda que, em breve, outros cursos serão ofertados como, por exemplo, de salão de beleza e informática dentro da parceria com o sistema 5 “S”: Senac, Senar, Senai, Sebrae e Sesc”.

Segundo o vice-prefeito Claudio Rodrigues, a volta dos cursos profissionalizantes é um ganho para toda a sociedade. “Profissionais que estão sendo preparados para o mercado de trabalho”.

Ele lembrou que em 2021, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), São Miguel se destacou como o maior gerador de empregos no ano de 2021 entre os municípios com população entre 23.773 a 30.564 habitantes, tendo gerado 677 novos empregos no município. “O setor que teve maior crescimento foi o da indústria, que teve um saldo positivo de 563 novos empregos, seguido pela agropecuária, que gerou 82 novos empregos”.

O vice-prefeito citou ainda que é preciso preparar os profissionais para esse mercado emergente. “Muitas empresas que aqui estão e outras que estão vindo precisam de mão-de-obra preparada”.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Merendeiras dos CMEI’s recebem treinamento de novo... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Educação, realizou na segunda-feira, 30, no Centro Municipal de Educação Infan...
Futsal masculino estreia com uma vitória e um empa... A equipe de futsal masculino sub-17 de São Miguel do Iguaçu estreou no último final de semana no Campeonato Paranaense da categoria. A partida de est...
Reunião do COE estabelece novas restrições para o ... Em reunião realizada pelo COE (Comissão de Operações Emergenciais) de São Miguel do Iguaçu na manhã desta segunda-feira, 22, foram definidas novas me...
Professores de Educação Especial recebem Formação ... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Educação, realizou nesta segunda-feira, 25, mais uma etapa do curso de Formaçã...

Compartilhe

Google+