Representantes do Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu estiveram prestigiando na manhã desta sexta-feira, 21, a posse dos vereadores-mirins que foram eleitos por meio do projeto Parlamento Jovem, desenvolvido no Colégio Estadual Cívico-Militar Nestor Victor dos Santos. 

A posse foi realizada na plenária da Câmara Municipal e contou com a presença dos Poderes Executivo e Legislativo, representantes do Cartório Eleitoral, professores e alunos do colégio.

Foram empossados os vereadores-mirins: Alice Lopes Correia; Beatriz Sartori; Emanuelly Rocha Manenti; Gustavo Henrique Magagnin; Jhonas Roberto Henrique; Juliana de Bovi Mota; Renan Gabriel Rodrigues; Marcelo Henrique Klein e Rian Tales Rippel Nogueira, além dos suplentes: Aline Gabrieli da Silva Rech; Eduardo de Almeida e Samuel Paulo Novelli.

O prefeito Boaventura Motta, destacou a importância do projeto, lembrando a necessidade da participação de toda a comunidade na política, principalmente dos jovens, pois é através da política que o futuro da nação é definido.  ‘É muito prazeroso ver os alunos participando de política. Nosso mundo vive de política, o futuro de todos depende dela e a construção de uma política séria começa com os jovens que são o futuro do país!’, relatou.

O projeto Parlamento Jovem foi desenvolvido envolvendo todos os alunos do colégio que simularam todo o processo eleitoral, com eles fazendo títulos de eleitor, criação e filiação em partidos políticos, registro de candidaturas, apresentação de planos de trabalho, campanha eleitoral, votação, até o momento da posse.

A professora das disciplinas de Cidadania e Civismo, Sociologia e Geografia, Lucy Conterno, disse que o projeto foi muito importante para a conscientização de todos os alunos, que desde cedo estão sendo orientados sobre o processo eleitoral e de como devem escolher seus candidatos. ‘Os alunos se sentiram privilegiados, pois foi a primeira votação deles. Tivemos a presença da urna eletrônica, por meio de uma participação muito importante do Fórum aqui de São Miguel, durante o dia eles votaram em massa e foi muito bacana’, relatou.

O vereador-mirim mais votado foi o aluno do 3º ano, Renan Gabriel de Lima Rodrigues, de 17 anos, que somou 573 votos. Ele afirmou que foi uma grande experiência e também uma oportunidade de vida. ‘É uma sensação que não tem como explicar. Tenho um tio que foi vereador por dois mandatos consecutivos, por isso eu sempre andei por dentro da política e eu senti nesse projeto uma chance de fazer a diferença’, relatou.

O presidente da Câmara, Raulique Farias, lembrou que em 2014, em outro mandato como vereador, não conseguiu implantar um projeto semelhante a esse e se disse muito honrado em poder fazer parte desse momento tão especial para os alunos. ‘Esse projeto é muito importante para mostrar qual o verdadeiro papel de um vereador. Não é fazer obras e nem assistencialismo. A função é legislar e fiscalizar’, explicou.

‘Esse projeto é muito importante para o futuro da nossa cidade, estado e até mesmo do país, pois esses jovens, que são o nosso futuro, estão sendo preparados para tomarem as suas futuras decisões corretamente ou até mesmo para, quem sabe, estarem preparados para serem os nossos representantes’, exaltou o vice-prefeito Claudio Rodrigues.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Começa a aplicação da 2ª dose de reforço para popu... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu iniciou a aplicação da 2ª dose de reforço (4ª dose) da vacina contra a Covid-19 na população ...
Reunião do Conselho Municipal do Plano Diretor dis... O Conselho Municipal do Plano Diretor de São Miguel do Iguaçu realizou na última quarta-feira, 25, na sala de reuniões prefeitura, a segunda reunião ...
Mais 350 pessoas concluem o ciclo de imunização ao... Mais 350 moradores de São Miguel do Iguaçu concluíram o ciclo de imunização contra a Covid-19, ao receberem a 2ª dose da vacina AstraZeneca no drive ...
Governo Municipal revoga Concurso Público e candid... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu revogou o Concurso Público nº 001/2019, que está suspenso na forma de decisão liminar desde o dia 01 de o...

Compartilhe

Google+