O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por intermédio da secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, reuniu na terça-feira, 22, no Centro Cultural Avelino Vieira o Grupo Municipal de Artesãos para uma palestra com a artesã Terezinha Aparecida Eckert Martins, de Itaipulândia, com o tema ‘Artesanato, amor e vida’.

O encontro serviu também para o planejamento do grupo para 2023, além de troca de experiências e exposição de artesanato. O grupo foi criado ano passado pelo Governo Municipal com o objetivo de incentivar, vendar, expor e criar um perfil do artesanato de São Miguel do Iguaçu. Atualmente conta com 56 participantes.

O artesanato muda a vida das pessoas e é uma forma de terapia que ajuda a superar inclusive a depressão. “Vivia deprimida e uma amiga me chamou para fazer a experiência da pintura em tela, pano de prato, biscuit, entre outros, e isso mudou minha vida”, conta a palestrante Terezinha.

No artesanato desde 2005, Terezinha veio contar ao grupo de São Miguel toda sua experiência nesse trabalho.  “Falei ao grupo da importância dessa atividade em todos os sentidos e orientei sobre como desenvolver esse trabalho para tirar um benefício financeiro também”.

O artesão são-miguelense Gelson de Souza disse que o encontro foi enriquecedor e de muito aprendizado. “O foco do artesanato vai além da renda. Ele é terapia, parceria, relacionamento e muito mais”. Gelson parabenizou o Governo Municipal pelo incentivo ao grupo. “O resultado disse tudo vai ser a valorização dessa atividade, tão presente nos municípios Lindeiros”.

A diretora de Cultura Marlei Scussel Farias, confirmou ter sido uma reunião de aprendizagem e fortalecimento. “Esse grupo está demonstrando a valorização que o artesanato merece e precisa”.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL


Compartilhe

Google+