O bancário aposentado, agricultor e filho de pioneiros, Ledenir Presa solicitou sua saída da função de Secretário de Finança do Município. Morador de São Miguel há 47 anos, Presa afirma que tem um projeto pessoal a ser desenvolvido.

 

“Gostaria de agradecer a oportunidade confiada a mim pelo prefeito Claudio Dutra e o seu vice Mauro Remor no desempenho da função de secretário de Finanças, desde o início do mandato até a presente data, função que sempre desempenhei com muita dedicação e absoluta responsabilidade. Também agradeço à toda minha equipe que sempre dedicou o melhor de cada um, à todos os funcionários desta administração e à população que sempre esteve ao meu lado”, disse. “Estou me retirando da atual função para que com isso eu tenha mais tempo para me dedicar aos meus afazeres particulares, graças à este momento conseguirei colocá-los em prática, e principalmente estar mais próximo de minha família já que a função de secretário exigia dedicação e tempo. Obrigado”, finaliza Ledenir.

 

O prefeito Claudio Dutra agradeceu “de coração” o empenho do ex-secretário durante os 17 meses que esteve à frente da pasta. “Eu disse à que as portas estarão sempre abertas, pois é um homem idôneo e muito dedicado. Tenho certeza que nossa amizade permanece inalterada. Desejo muito sucesso ao nosso amigo em sua nova caminhada”, finaliza.

 

Com a saída de Ledenir Presa, a partir de 02 de junho Rodrigo Mallmann desempenhará interinamente a função de secretário de Finanças, em acúmulo de atividade já desempenhada na secretaria de Administração.

 

“Sentimos muito a saída do secretário Ledenir, uma pessoa de extremo caráter e moral ilibada. Entendemos sua justificativa. Desejo a ele toda a felicidade e sucesso em seu novo projeto de vida. Conforme conversamos, mesmo não fazendo mais parte da equipe (de governo) o Ledenir estará sempre disposto a colaborar com nossos trabalhos, sendo que ele é e sempre será nosso companheiro de administração e de ideais,” ressalta Mallmann.
 

Como primeiro ato como responsável pela gestão financeira do Município, Rodrigo informou que fará alguns ajustes. “Com certeza faremos mudanças rápidas. Esclareço, até para evitar boatos infundados que sempre tentam manchar a nossa administração, que os ajustes que realizaremos de imediato é devido ao aumento impactante na folha salarial dos servidores de carreira”.

 

Orçamento – No ano de 2010, o gasto em vencimentos e vantagens fixas do Município foi de pouco mais de R$ 20 milhões. Agora, em 2014, a previsão atualizada ultrapassa os R$ 36 milhões. Para o secretário, “grande parte disso se reflete aos avanços de carreira previstos no plano de evolução dos servidores públicos. Esse número reflete aproximadamente 87% dos recursos livres no município. Infelizmente essa dificuldade caiu sob nossa gestão, mas é um desafio que mostrará nossa capacidade de continuar trabalhando e resolvendo os impasses encontrados”, garante. “Muitos dos nossos municípios vizinhos passam por situações semelhantes, mas temos todas as ferramentas necessárias para conduzir tudo perfeitamente. Durante essa semana, que foi muito agitada, conversamos com diversos prestadores de serviços, onde ajustaremos os contratos para equalizar tudo,” explica Rodrigo Mallmann.

 

Sobre eventuais atrasos de pagamentos à prestadores de serviço, o secretário interino esclarece que o percentual de remanejamento interno da Prefeitura, que na gestão anterior era de 10%, caiu para 5% nesta gestão, conforme determinação imposta pelo legislativo municipal. “Isso engessa muito o nosso trabalho. Para explicar melhor, frequentemente precisamos enviar para a Câmara de Vereadores pedidos de remanejamento de recursos para a realização dos nossos pagamentos. É um entrave enorme, mas temos que nos adaptar”.

 

Mallmann cita também a queda no repasse dos royaltes de Itaipu, além do frequente atraso nos repasses do governo que chegam até 20 dias depois, gerando enormes transtornos na gestão financeira. “Isso é algo que não acontecia anteriormente”, aponta. “A legalidade é foco principal do prefeito Claudio Dutra e ela será praticada em todos os segmentos da prefeitura. E para cumpri-la, faremos outros ajustes se necessários forem, com toda responsabilidade e vigor exigidos”, afirma.

 

O secretário interino colocou-se à disposição para quem tiver dúvidas através das ouvidorias do município, audiências públicas de prestação de contas ou presencialmente no Paço Municipal, se necessário.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Josnei Wolfart

Atualizado ás 16:27


Compartilhe

Google+