A secretária de Educação, Marli Frasson Possamai, empossou nesta quarta-feira (27) os novos membros do Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CAE). Na mesma reunião, ocorreu também a eleição da presidente e vice. Esta nova formação irá atuar durante os próximos quatro anos.

 

O principal papel do Conselho, segundo a presidente Luciana Ghellere Montibeller, é garantir a qualidade da alimentação nas escolas. “Os nossos filhos estão lá e eles precisam ter uma alimentação balanceada, isso inclui também a disciplina deles”, disse.

 

Entre outras funções, o CAE atua no controle social da aplicação dos recursos repassados e na alimentação oferecida aos educandos, passando pela fiscalização na manipulação dos alimentos e cumprimento do cardápio. O mesmo é elaborado pela nutricionista do setor de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação.

 

Para Luciana, que, juntamente com a vice-presidente, Valcilene Ferreira Baptista, representam os pais de alunos, a boa alimentação no período escolar reflete principalmente no aprendizado, saúde e bem estar das crianças. “Um aluno bem nutrido aprende melhor”, completou a presidente do CAE.

 

As merendeiras das escolas municipais possuem em média 60 horas de cursos ao ano, proporcionados pela Secretaria de Educação em parceria com Senar e Sindicato Rural Patronal.

 

A secretária de Educação reforçou o comprometimento da atual gestão com o setor de educação do município. “Temos a preocupação em proporcionar, além de uma educação de qualidade, também uma alimentação balanceada, com valor nutritivo ideal para os nossos alunos. E, nesse contexto, o Conselho contribui com o nosso trabalho”.

 

Membros – O Conselho Municipal de Alimentação Escolar de São Miguel do Iguaçu é composto por 12 membros que representam pais de alunos, professores, servidores da Secretaria de Educação e sociedade civil.

 

 

Assessoria de Comunicação

 


Compartilhe

Google+