O prefeito de São Miguel do Iguaçu Claudio Dutra reuniu nesta manhã (23) os membros do primeiro escalão para uma reunião de rotina. Além do prefeito, participaram todos os secretários municipais e o vice-prefeito Mauro Remor.

 

Dutra determinou funções aos secretários para atender às solicitações recebidas ontem da coordenação do MST – Movimento dos Sem Terra instalado no Município, às margens da BR-277. A coleta de lixo no povoado já foi providenciada, de acordo com a necessidade dos acampados. Os filhos dos acampados também foram autorizados a utilizar transporte escolar e usufruir do ensino fundamental e o fornecimento de energia e abastecimento de água já foram providenciados, afirmaram os secretários responsáveis.

 

Economia – A Secretária de Finanças, Elenice Inês Marques Daminelli, apresentou aos colegas de governo um panorama das contas do Município. Assim como a maioria das prefeituras do Paraná, São Miguel do Iguaçu também sofre com a escassez de recursos, reflexo dos cortes de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Para exemplificar, a queda do FPM foi de R$ 400 mil de agosto a setembro e o repasse de royalties, que geralmente é depositado no dia 17, ainda não nos foi depositado pelo Governo Federal”, reitera Elenice.

 

Em agosto deste ano, o prefeito Claudio Dutra baixou decreto de contenção de despesas. Foram restringidos os gastos públicos com a finalidade de atender exigências de equilíbrio financeiro. As limitações de empenho abrangem concessão de diárias e adiantamentos de viagens, horas extras, serviços com maquinário, caminhões e veículos. Não sofrem efeito do decreto serviços de limpeza pública, saúde, manutenção e ensino.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Josnei Wolfart – MTE 10.009/PR

Publicado às 11h29


Compartilhe

Google+