Um tema muito presente no dia a dia das escolas foi debatido num encontro com os professores de São Miguel do Iguaçu participantes do Pacto Nacional pela Alfabetização. A palestra sobre diferenças no aprendizado, realizada na Escola Serafin Machado na última semana, foi ministrada pela psicóloga mestra Vanessa Tramontin Soler e a assistente social, pós-graduada em Educação Especial, Rosane Bombarda.

 

Durante a palestra, a psicóloga destacou a importância da valorização da heterogeneidade e do respeito às diferenças, deixando a todos os professores várias reflexões, principalmente sobre a marca que eles querem deixar no mundo por meio de seus alunos.

 

Rosane Bombarda falou sobre a competência do profissional assistente social na Educação. “Deve-se analisar a realidade do aluno para identificar suas necessidades e desenvolver soluções. Além disso, promover atividades que busquem resgatar crianças, adolescentes e jovens em situação de risco, tirando-os da exclusão social”, apontou ela.

 

Outra proposta sugerida foi a de adotar medidas para atender às necessidades físicas e materiais imediatas desses alunos. “O trabalho do educador também empreende esforço especial para criar um ambiente estável em que os alunos se sintam respeitados, valorizados e amados”.

 

Para os professores cursistas do Pacto pela Alfabetização, o momento foi de grande reflexão. “Compreender a importância desses profissionais junto à Educação nos leva a lutarmos para oferecer pessoas qualificadas aos alunos, para também trabalhar com as famílias que necessitam de um acompanhamento especializado”, comentou uma professora.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+