Foi realizado na tarde de terça-feira, 31, no plenário da Câmara Municipal, o sorteio dos 25 estudantes de São Miguel do Iguaçu que vão receber a visita dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s) como parte do projeto “Dengue, na minha casa você não tem vez!”.

Os ACS’s vão começar a visitar essas residências na próxima segunda-feira, 06, para vistoriar os lotes que deverão estar limpos e sem locais que acumulem água. Estando de acordo, esses alunos vão concorrer ao sorteio de um tablet no final do mês. Não foram divulgados os nomes dos sorteados para que todos os participantes estejam preparados e com os lotes limpos quando da visita.

Estão participando 600 estudantes das escolas municipais e particulares dos 3º anos do município.  O projeto, desenvolvido pela Associação das Senhoras de Rotarianos (ASR), com o apoio do Governo Municipal e das Cooperativas Sicredi, Cresol e Sicoob, tem por objetivo conscientizar da necessidade de prevenção à dengue, doença que a cada ano preocupa toda a comunidade.

O projeto foi iniciado em março desse ano e as associadas da ASR já visitaram todas as escolas participantes e apresentaram o programa para as crianças. No segundo momento, os Agentes de Endemias ministraram palestras em todas essas escolas para orientar as crianças sobre a forma correta de combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.

Durante os próximos seis meses serão sorteados 25 estudantes que vão concorrer todo mês ao sorteio de um tablet, se os lotes estiverem limpos. No mês de setembro será realizado um concurso de cartazes, onde o aluno vencedor de cada turma vai ganhar um passeio no Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, a ser realizado em novembro.

A presidente da ASR, Regina Malmann, contou que o projeto está maravilhoso. “Há envolvimento e apoio de toda a comunidade e vamos atingir o objetivo do programa”.

A Agente de Saúde, Sandra Alessia Alexandre, que foi uma das palestrantes nas escolas, disse que a equipe dos Agentes Comunitários foi muito bem recebida nos estabelecimentos de ensino. “Eles entenderam a mensagem que queríamos passar. O projeto vai dar um ótimo resultado”.

Para a coordenadora da Escola Municipal Osório, Joice Schnorr, esse projeto une toda a comunidade em torno de um bem comum que é controlar uma doença que afeta muitas pessoas todos os anos, levando inclusive a morte. “A criança é multiplicadora das ações”.

O vice-prefeito Claudio Rodrigues, salientou que o poder público é uma ferramenta na disseminação desse tipo de projeto. “Parabéns a ASR e os envolvidos na elaboração e desenvolvimento desse brilhante trabalho que tem o nosso apoio”.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Ruas recuperadas pelo programa Asfalto Bom recebem... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu está realizando os trabalhos de sinalização horizontal nas ruas que estão sendo recuperadas pelo programa...
Governo Municipal e Uniguaçu vão dar apoio aos rom... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu e a faculdade Uniguaçu vão dar apoio aos romeiros que passarão pelo município ao longo da rodovia PR-497 ...
Final da Copa Friella vai reunir mais de 140 atlet... O município de São Miguel do Iguaçu vai receber nesta sexta-feira, 29 de julho, a grande final da XII Copa Friella de futsal, categorias menores. O e...
Equipes de São Miguel vão disputar competições reg... As equipes do vôlei feminino, handebol de praia masculino e handebol juvenil masculino e feminino que representam São Miguel do Iguaçu, por meio da s...

Compartilhe

Google+