Somente hoje (23), cerca de 40 famílias são-miguelenses passaram pelo Provopar para retirar roupas e calçados.

 

São famílias que perderam seus pertences na cheia dos rios Pinto e Leão, na noite do dia 06 deste mês. As doações vieram do Provopar de Foz do Iguaçu e de pessoas e empresas de São Miguel que se sensibilizaram com os atingidos.

 

Dona Maria Dalva, que mora no Bairro Sagrado Coração de Jesus, disse que também perdeu alimentos e até a geladeira. “Ainda bem que a prefeitura deu uma cesta básica para nós na hora do aperto. Semana passada já vim pegar uma sacolada, agora vim buscar algumas roupas pras crianças. Eu sou pobre mas se uma pessoa vier na minha porta pedir uma cozinhada de arroz, eu vou ajudar. Um ajuda o outro”, comentou.

 

Na cada da dona de casa Maria de Lurdes a água não entrou, mas ela perdeu a maioria das roupas quando o ônibus em que ela viajava pegou fogo. “Eu tava vindo do Mato Grosso e todas as nossas roupas de frio queimaram. Eu vim aqui e eles me ajudaram. Tem muita roupa boa, quero que Deus abençoe essas pessoas de bom coração”, disse.

 

O Provopar de São Miguel vai continuar distribuindo roupas e calçados às famílias carentes, segundo a secretária de Assistência Social e primeira-dama Serli dos Reis Dutra. “Temos um número reduzido de funcionários para a separação das peças, mas estamos com a mão na massa e juntos atendemos ao que nossas famílias precisam. Aproveito para agradecer a todas as pessoas que colaboram com doações e ao Provopar de Foz”, finalizou.

 

O Provopar está localizado na rua Euclides da Cunha, ao lado da Polícia Militar, e atende pelo telefone 3565-1076.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Josnei Wolfart
Atualizado às 11h26


Compartilhe

Google+