O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Saúde, realizou no último sábado, 20 de agosto, o ‘Dia D’ de mobilização nacional da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação e aplicou quase mil doses de diversos imunizantes ao longo do dia.

No total foram aplicadas 995 doses, sendo destas, 537 da VOP (Vacina Oral contra Poliomielite), o que representa que 35% do público-alvo da campanha, que é de 1.530 crianças, foi imunizado somente nesta data. Também foram aplicadas 75 doses de vacina contra a Influeza e 66 doses contra Covid-19, além de outras 317 vacinas de rotina.

Para fortalecer a divulgação e a conscientização da comunidade, foi realizada uma caminhada e panfletagem no centro da cidade e nas unidades de Saúde, que contou com a participação do casal Zé Gotinha e Maria Gotinha, que encantou principalmente as crianças por onde passou.

‘Foi um dia muito importante, de bastante trabalho da nossa equipe, que podemos avaliar que teve um bom resultado. Agora precisamos que os pais e responsáveis que ainda não vacinaram suas crianças busquem o quanto antes a sua unidade de referência e garanta a imunização. Só vamos garantir que a poliomielite não vai voltar com a vacinação de pelo menos 95% de nossas crianças’, relatou a secretária municipal de Saúde, Eloni Terezinha Conzatti de Queiroz.

Mesmo estando distante de casa, a mãe Angélica Tais Basgal, moradora de Montenegro-RS, levou os filhos gêmeos Ravi e Antônia, de 10 meses, para tomar vacina na Clínica de Especialidades. ‘Estamos visitando os avós das crianças e aproveitamos esse ‘Dia D’. Viemos para a campanha da gotinha, mas as crianças ainda não estão no prazo, aproveitamos para atualizar a vacina contra a Febre Amarela que estava atrasada e colocamos em dia’, explicou Angélica, agradecendo ainda a atenção recebida pela equipe de trabalho. ‘Fomos muito bem atendidos’, destacou.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação conta com o apoio do Rotary Club em todo o país e em São Miguel do Iguaçu não é diferente. Durante a mobilização, representantes do clube estiveram junto com a equipe de Saúde e o casal Zé Gotinha percorrendo as ruas e unidades da cidade.

‘Essa parceria existe há muito anos e é o maior projeto do Rotary Internacional, que é a irradicação da pólio. Devido à pandemia, muitas pessoas deixaram de vacinar seus filhos. Hoje o Brasil está entre os 10 países com maior risco de retorno da doença. Precisamos vacinar pelo menos 95% das crianças para dizer que a pólio está erradicada e hoje, infelizmente, 62% estão sendo vacinadas no país’, alertou a governadora assistente do Rotary, Adriana Matte.  

Também estiveram no município representantes da 9ª Regional de Saúde de Foz do Iguaçu, que visitaram algumas unidades para acompanhar o desenvolvimento da campanha. De acordo com Alessandra Elisa Gromowski, a visita aconteceu nos municípios de abrangência como forma de incentivo e apoio, para contribuir no que for preciso. ‘Sabemos que infelizmente tem algumas crenças de que a vacina não funciona e que não é eficaz, mas estamos aqui justamente para reforçar que sim, a vacina funciona, e incentivamos a todos para que tragam seus filhos vacinar’, afirmou.  

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Vacinação contra a Influenza continua em todas as ... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, através da secretaria de Saúde, informa que continua a campanha de vacinação contra a Influenza para a p...
Decreto detalha medidas preventivas adotas em São ... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu publicou no Diário Oficial Eletrônico desta segunda-feira, 08, o decreto nº 226/2021, que traz as novas m...
Lideranças do Estado são recepcionadas em São Migu... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu recepcionou na manhã desta segunda-feira, 26, uma comitiva de lideranças do Estado do Paraná, formada pel...

Compartilhe

Google+