Um grupo técnico de Mato Grosso, incluindo o secretário de Estado de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Meraldo Figueiredo Sá, e das cidades de Cascavel e Guarapuava esteve em São Miguel do Iguaçu para conhecer propriedades rurais que trabalham com a agricultura familiar e com o Programa de Agroindústria Familiar – Fábrica do Agricultor. O grupo foi recebido nesta segunda-feira (20) pelo prefeito Claudio Dutra, o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Nacleto Tres, o vereador Claudio Rodrigues, e técnicos da Emater e Aprosmi que os acompanharam em propriedades do município.

 

Na ocasião, o grupo conheceu os planos de ação do governo municipal, em parceria com o trabalho da Aprosmi e Emater, e acompanhou o processo de agroindustrialização da agricultura familiar.

 

Em uma delas, o agricultor familiar Kleverson Takahashi apresentou a agroindústria que está em fase de conclusão, onde ele e a esposa Marleide já produzem compotas, conservas e temperos. Takahashi explicou que a parceria com a Aprosmi e Emater foi imprescindível para a implantação da agroindústria, desde a parte técnica e capacitação até o financiamento de equipamentos. A propriedade adquirida há três anos está em processo de certificação orgânica, o que garante diferencial aos produtos com mercado garantido.

 

Para o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Mato Grosso, Meraldo Figueiredo Sá, o Paraná é referência em produção de agricultura familiar. “Sabemos que 80% de toda a propriedade neste Estado é de pequena pra média. E no Mato Grosso é um pouco diferente; somos um dos maiores produtores de grãos e carne no País, mas precisamos remodelar a agricultura familiar, fixar o homem no campo”, disse. Para isso, o secretário explicou que é necessário buscar um modelo que dê condições ao agricultor. “Este modelo de agroindústria implantado aqui é muito interessante. Viemos conhecer de perto porque queremos convencer o nosso Governador que esse programa também pode dar certo lá, principalmente em parceria com a classe consumidora, o que se inclui os supermercados”.

 

Conforme o prefeito Claudio Dutra, a visita do grupo é importante para a troca de experiências e para mostrar o que o município possui em termos de agricultura familiar e quem vem dando certo. “Temos um empenho de nossa Administração de atender bem as agroindústrias, que é quem tem gerado o emprego no campo. Estamos incentivando este trabalho e a agricultura familiar, para que as famílias permaneçam no campo, gerando emprego e melhorando a qualidade de vida dos nossos agricultores”.

 

A Administração Municipal mantém convênio com a Associação dos Produtores da Agricultura e Pecuária Orgânica de São Miguel do Iguaçu – Aprosmi e destina servidores com máquinas e caminhões para atender o agricultor e as agroindústrias do município.

 

Fábrica do Agricultor – O programa da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná visa a inserção dos pequenos e médios agricultores no mercado, gerando emprego e renda no meio rural. Em parceria com instituições públicas e privadas, promove ações de capacitação dos produtores para que agreguem valor aos produtos, marketing e assistência técnica especializada.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+