Uma comitiva formada por representantes da Administração Municipal e da AMAR (Associação dos Agentes de Meio Ambiente e Materiais Recicláveis deSão Miguel do Iguaçu), realizou no último dia 17 de fevereiro uma visita a ACARESTI – Associação dos Catadores de Resíduos Recicláveis e/ou Reaproveitáveis de Santa Terezinha de Itaipu.

Estiveram no município vizinho, os secretários municipais de Meio Ambiente, Márcio Rogério Zanoni, e de Planejamento, Gunar Henrique Guedes; o diretor de Meio Ambiente, João Everaldo; a coordenadora Angélica Kaminski; a Oficial Administrativo, Katiane Silva; a vice-presidente da AMAR, Irma, e a associada Larissa, que foram recebidos pelo chefe de divisão de Coleta Seletiva de Santa Terezinha, Darlei Sauer de Souza.

O objetivo da visita foi conhecer o espaço e o funcionamento da ACARESTI, considerada um modelo de sucesso na área da reciclagem, tendo em vista que o Executivo Municipal tem planos de reestruturar a AMAR e implantar melhorias no processo de reciclagem em São Miguel do Iguaçu.

Para o sucesso da associação de agentes de meio ambiente é necessário um conjunto de ações públicas e privadas. Além da estrutura física adequada, é fundamental o contínuo apoio organizacional e administrativo, o apoio de toda a população na separação dos resíduos, o apoio de grandes geradores de resíduos, de instituições educacionais e de outras instituições públicas e privadas.

Criada em 2004, a ACARESTI conquistou sua sede própria no ano de 2006, na época os associados recebiam o apoio da prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu através de dois funcionários. Em 2011, o barracão recebeu uma ampliação, através da Fundação Nacional de Saúde – FUNASA.

Porém, apesar de possuir sua sede própria, somente após o apoio administrativo contínuo e a implantação do Programa de Coleta Seletiva em Santa Terezinha de Itaipu, no ano de 2014, foi que a ACARESTI começou a alavancar seus negócios até se tornar um modelo no Estado do Paraná. Através das ações do Programa de Coleta Seletiva a população se conscientizou e os caminhões começaram a fazer a coleta (antes os catadores usavam carrinhos para a coleta nas residências), com isso ocorreu um significativo aumento na quantidade e qualidade do material coletado.

Atualmente a ACARESTI possui cerca de 40 associados e a coleta ultrapassa 100 toneladas por mês, chegando a reciclar 85% dos resíduos gerados.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Saúde aplica mais de 200 doses na população com 57... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu realizou na manhã desta quarta-feira, 16, a vacinação da população em geral com idade a parti...
Agentes Comunitários de Saúde realizam capacitação... A secretaria municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu realizou na manhã desta sexta-feira, 12, uma capacitação continuada com a equipe de Agentes C...
Notas de produtores rurais devem ser devolvidas at... O setor de Nota do Produtor Rural de São Miguel do Iguaçu informa aos agricultores do município que o prazo para devolução (prestação de contas) das ...
Governo Municipal inicia cadastro de interessados ... Buscando gerar mais empregos e renda para a população, o Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Indústria, Comércio e T...

Compartilhe

Google+