Quase 300 pessoas compareceram na Prefeitura de São Miguel para cumprir com seu papel de cidadãos ativos na comunidade. Hoje (17) foi dia de eleição para suplentes do Conselho Tutelar.

 

Concorreram dois candidatos: Antonio José de Oliveira e Ledi da Silva Búrigo. Ambos votaram logo cedo; foram um dos primeiros. Por alguns instantes formou-se uma fila mas não houve tumulto. 

 

O resultado da eleição definirá a ordem de chamamento, quando houver vaga disponível. Ambos os candidatos passaram por avaliação psicológica e teste escrito, exigidos pelo processo seletivo.

 

Teve direito ao voto todo cidadão são-miguelense que possui título de eleitor. O documento teve de ser apresentado acompanhado de outro documento com foto. 

 

A classificação deverá ser divulgada na segunda-feira (19). O pleito foi organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, órgão fiscalizado pelo Ministério Público. Os suplentes a Conselheiros Tutelares serão diplomados no dia 21 de maio.

 

Atualmente o Conselho Tutelar de São Miguel do Iguaçu possui cinco membros oficias e nenhum suplente. Claudio Gomes da Cunha Júnior, presidente do Conselho, acredita que os classificados serão convocados em pouco tempo. “Nós temos uma conselheira oficial que está prestes a se licenciar por gravidez e outros membros que passaram em concursos públicos e estão deixando o cargo”. Para ele, a participação da comunidade na eleição se faz necessária para garantir a efetiva aplicação do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Josnei Wolfart

Atualizado às 19h42

 


Compartilhe

Google+