A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu, através da Vigilância em Saúde informa que em decorrência do aumento de casos da doença de sarampo em alguns Estados o Ministério da Saúde, de modo preventivo, preconiza que todas as crianças de 06 meses a menores de 01 ano de idade devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o Brasil.

No Paraná, dois casos foram confirmados e estão em monitoramento pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA). Além desses casos a SESA tem registro de mais de 16 casos até a última quarta-feira (21).

É importante salientar que essa dose é considerada ‘dose zero’, a vacinação de rotina das crianças deve ser mantida independentemente se a criança tomou a dose zero. Outras pessoas que podem se imunizar, se não tiver na carteirinha de vacinação são: 12 meses de vida – 1ª dose da vacina Tríplice Viral (VTV); 15 meses – Tetra viral; De 1 a 29 anos – são necessárias duas doses de VTV; De 30 a 49 anos – apenas uma dose VTV; Em pessoas maiores de 50 anos a vacina é indicada apenas no casos de bloqueio vacinal; Profissionais de saúde – duas doses de VTV independente da idade; Pessoas imunodeprimidas, grávidas e menores de seis meses de idade não devem tomar a vacina.

A Secretaria informa ainda que todas as Unidades Básicas de Saúde estão com doses disponíveis, porém a recomendação é ir no postinho no período da manhã, pois as doses após abertas têm duração de 08 horas, ou então, ligar na UBS e se informar se tem doses abertas, para evitar o desperdício.

Os principais sintomas do sarampo são: febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo.

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MÍDIA SOCIAL


Compartilhe

Google+