A Secretaria de Educação de São Miguel do Iguaçu realizou na quinta-feira (11), na Escola do Trabalho, um encontro com coordenadores pedagógicos e professores de reforço escolar das escolas municipais. O objetivo foi a apresentação do projeto de Reforço Escolar e a troca de experiências e conhecimentos entre esses profissionais.

 

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação estabelece uma redefinição do papel da escola pública, o que implica em ações voltadas para a garantia da qualidade de ensino, abrangendo a obrigatoriedade de estudos de recuperação para crianças com baixo rendimento escolar. De acordo com o Plano Municipal de Educação, o poder público municipal deve garantir o reforço escolar no contra turno da própria escola ou paralelo ao horário de aula.

 

Conforme a secretária de Educação, Marli Frasson Possamai, o projeto tem por objetivo atender, de forma diferenciada, os educandos que ao longo do ano letivo apresentam defasagem ou dificuldades na aprendizagem que não foram superadas durante as aulas com o professor regente, especialmente nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

 

“Em sala de aula, o professor busca o melhor desempenho de seus alunos, mas nem sempre é possível, e cabe ao professor de reforço escolar fazer isso. Com melhor aprendizagem dos alunos, também conseguimos melhorar os resultados na Prova Brasil e aumentar o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) das escolas do município. Esse é um dos nossos objetivos”, avaliou a secretária de Educação.

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+