A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu realizou na segunda-feira (5) a audiência pública para prestar contas do terceiro quadrimestre de 2013. A audiência aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença da Secretária de Saúde, Maria Elisabete de Borba, demais gestores, vereadores e servidores.

Na ocasião, foram apresentados os dados financeiros, atendimentos e atividades realizadas no último quadrimestre de 2013.

De acordo com a Secretária de Saúde, Maria Elisabete de Borba, todas as prestações de contas foram apresentadas em dia para o Conselho Municipal de Saúde e conforme o Tribunal de Conta exige. “Fechamos o ano de 2013 com todas as contas em dia e todas foram aprovadas”, relatou a secretária.

Mesmo com a melhora da saúde nos últimos meses, Elisabete alerta sobre a questão da dengue. Os focos de proliferação do mosquito transmissor atingem números preocupantes. “Estamos agora em foco a dengue, pois é um período muito crítico. Em dezembro de 2013 o índice foi fechado praticamente em 0%, mas em janeiro o caso ficou preocupante”. A secretária conta que apenas com os funcionários da saúde o bloqueio e o controle da infestação não é o suficiente. Participação mutua da comunidade e a conscientização das pessoas também é muito importante.

 

Conquistas – O Município de São Miguel do Iguaçu é destaque nacional em exemplo aos programas de saúde. A cidade passa a contar com 34 médicos à disposição da população, abrangendo especialidades e clínicos gerais

Além dos novos médicos, o índice de vacinação foi atingido acima de 95%. A Campanha de Vacinação anti-rábica também foi atingida acima de 85%. Mortalidade materna infantil teve redução abaixo de uma pessoa, que é o indicado pelo OMS – Organização Mundial de Saúde. O acompanhamento pela Secretaria de Saúde das desnutrições dos programas SINAN e SISVAN, Bolsa Família do Município, atingiu seu nível acima de 88%.
 

 

 

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


Compartilhe

Google+