No início do mês de dezembro, as alunas do Núcleo Centro Esportivo Walter Marcon, com as professoras Chirle Teixeira e Priscila de Cristo, fizeram sua primeira apresentação de Ginástica Rítmica.

 

A apresentação “O Fantasma da Ópera” e os antigos bailes de máscara prenderam os olhares do público presente. Eram pais, alunos, professores e autoridades vidrados nos movimentos.

 

O início da apresentação aconteceu com uma dramatização da origem das máscaras. Em seguida, as meninas entraram mascaradas para apresentar com alguns dos aparelhos da ginástica rítmica, como a bola, arco e a fita.

 

Segundo a coordenadora pedagógica do Segundo Tempo em São Miguel, Francielle Cheuzuk, a equipe almeja com o passar do tempo que a ginástica rítmica se torne uma referência no município assim como o futsal.

 

“A ginástica rítmica é uma modalidade nova que está sendo trabalhada no município. Por mais que seja um trabalho de iniciação, ela vem atraindo meninas de 06 a 17 anos de várias escolas e isso é muito bom. Tenho certeza que vai ser tão procurada quanto o futsal”, enfatizou Francielle.

 

Paralelo às apresentações das alunas, foi realizado também o 3º Internúcleos, com jogos de futsal entre os participantes dos quatro núcleos de atendimento na cidade, divididos por gênero e faixa etária. O Internúcleos já se tornou uma marca do projeto no município, entre os beneficiados.

 

Desde que foi reativado em São Miguel do Iguaçu, o Projeto Segundo Tempo vem trazendo ótimos resultados e movimentando os participantes.

 

Para celebrar as conquistas, a coordenação realiza no dia 17 de dezembro, o encerramento do ano, onde será feito um Baile de Máscaras e o Festival de Talentos com os alunos.


Compartilhe

Google+