Depois de terem sido consagradas como destaques do 5° Prêmio Professores do Brasil, onde foram as celebridades, juntamente com 40 profissionais de educação de todo o Brasil, as professores Lúcia Dartora Turri (Tata), da Escola Municipal Serafim Machado de Souza e Rejane Maria Christ Ghellere, do Colégio Estadual Pedro Viriatto Parigot de Souza foram recepcionadas no gabinete do governo municipal, pelo prefeito Armando Polita, o vice, Volnei Adamante, a secretária de educação, Maria Margarida Pansera e demais membros do governo, sendo homenageadas.

 

Mesmo com o desgaste da mala pertencente à professora Lúcia Dartora Turri que foi extraviada durante o vôo de Brasília à Foz do Iguaçu, na  qual estava o seu troféu pela premiação do seu projeto, O Bater das Asas, tudo era alegria na sala de reuniões do Paço Municipal, sexta-feira, 16.

 

Acompanhadas por seus respectivos diretores Loirita Ronssoni Piaia, da Escola Serafim de Souza e Jaime Emir Bogorni, do Colégio Estadual Pedro Viriatto Parigot de Souza as professoras foram saudadas, inicialmente pela secretária de educação, posteriormente pelo vice prefeito e finalmente pelo prefeito Armando Polita. Salientando que ambos, estavam presentes na cerimônia de premiação em Brasília, da qual também participou o ministro da educação, Fernando Haddad.

 

Segundo Polita – “as professoras Lúcia –Tatá e Rejane, fazem a gente acreditar mais que sempre vale pena investir na educação. Isso nos sempre fizemos durante os nossos governos e agora não é diferente”  – finalizou

 

Emoção e compromisso

O Prêmio Professores do Brasil foi criado pelo Ministério da Educação através da Secretaria de Educação Básica (SEB), e seu objetivo é reconhecer o mérito de professores das redes públicas de ensino.

 

Demonstrando comprometimento com o que faz há 25 anos, Lúcia Dartora Turri foi a primeira das homenageadas a falar. Segundo ela “sempre fiz meu trabalho com amor e comprometimento e, apesar dos 25 anos de magistério, não me imagino fazendo outra coisa. Eu dedico esse prêmio a minha família” – afirmou emocionada.

 

Rejane Maria Christ Ghellere, autora do Projeto Empreendedorismo e Sustentabilidade, desenvolvido no Colégio Estadual Pedro Viriatto Parigot de Souza, – o seu segundo prêmio nacional – afirmou: “tudo o que estamos colhendo resulta do trabalho dedicado. Desde a direção da escola ao mais simples colaborador. Estou feliz e agradecida com esse prêmio e agradeço a Deus por me permitir esse momento” – concluiu. (Assessoria)


Compartilhe

Google+