O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por intermédio da Vigilância em Saúde, reuniu a equipe e membros da administração e da comunidade na quinta-feira, 19, na Câmara Municipal, com o objetivo de apresentar todo o trabalho realizado durante o ano de 2022 e pensar ações para esse ano.

O setor de endemias e zoonoses, composto por 20 agentes, duas médicas veterinárias e dois guardas de endemias federais, realizou um grande número de deslocamentos na sede e distritos para execução de atividades relacionadas ao setor. Entre as principais ações destaca-se o projeto ‘Dengue na minha casa você não tem vez’, em parceria com a Associação de Senhoras de Rotarianos, onde foram realizadas mais de 150 visitas domiciliares para prevenção da doença.

Outra ação que merece destaque foram as 48 palestras em escolas municipais esclarecendo os estudantes sobre as principais doenças no município como raiva, escorpiões, caramujos e dengue.

Impactante também foram as 52.484 visitas domiciliares para prevenção da dengue. “Apesar de todas essas visitas e conscientização precisamos ainda ficar alerta acerca da dengue em nossa cidade por que o Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti(Lira) está acima dos 4,5% quando o ideal seria abaixo de 1%”, cita  Ana Carolina Menezes de Moraes, supervisora de campo do setor de endemias.

A equipe da Vigilância em Saúde trabalha ainda com outras ações como a busca ativa noturna de escorpiões, monitoramento do vírus rábico em cães e felinos, monitoramento da circulação de morcegos e outros mamíferos com suspeita e recolha de animais em óbito na via. “Não trabalhamos somente na prevenção da dengue, mas outras inúmeras ações para o bem comum da sociedade”, destaca a médica veterinária, Débora Andreolla Lazzari.

Além da continuidade de todas essas atividades pela Vigilância em Saúde esse ano há um projeto para a realização do ‘Túnel da dengue’. “Experiências anteriores mostraram excelentes resultados com esse trabalho que consiste na elaboração de um túnel num local fixo onde estudantes e comunidade em geral podem tomar conhecimento in loco sobre a dengue, escorpião e reciclagem do lixo”, conta Marcos de Deus, guarda de endemias do município e vice-presidente do Comitê Intersetorial para Controle da Dengue.

Para o secretário de Meio Ambiente, Márcio Rogério Zanoni, é importante perceber o engajamento de todos no combate a essas doenças. “A equipe da secretaria, comitê e toda comunidade são responsáveis por essas ações que estão dando resultados”.

Na oportunidade foi empossada a servidora Sandra Maria Rodrigues Cechinel como presidente do Comitê Intersetorial para Controle da Dengue.

O diretor da Vigilância Sanitária e da Atenção Básica em Saúde, Djonathan Adamante, avaliou como positivo o encontro que mostrou que o ano de 2022 teve muito trabalho e que não será diferente em 2023. “As demandas e os números foram satisfatórios e o mais importante de tudo, não tivemos nenhuma morte em decorrência das doenças endêmicas”.

A secretária de Saúde, Eloni Terezinha Conzatti Queiroz, agradeceu e parabenizou a todos pelo empenho e dedicação nesse trabalho que trata do bem estar da comunidade. “É a união de todos que garante tudo isso”.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL

Notícias Relacionadas

Vigilância em Saúde encontra 22 escorpiões amarelo... A equipe da Vigilância em Saúde de São Miguel do Iguaçu realizou na noite de terça-feira, 24, a primeira busca ativa do ano e localizou 22 escorpiões...
Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias partic... Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s) e de Endemias (ACE’s) da Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu participaram nesta segunda-fe...
Governo Municipal confirma apoio a ASR e Cresol no... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio das secretarias de Educação e de Saúde, através da Vigilância em Saúde, vai apoiar o projeto “D...
Governo Municipal realiza coleta de exames prevent... O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por meio da secretaria de Saúde, realizou na última semana a coleta de exames citopatológicos – preventi...

Compartilhe

Google+